Translate

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Após derrota, Dorival fala em ‘hombridade’ para o Fla reagir

Técnico aprova boa atuação inicial, depois vê time se perder na derrota para o São Paulo. ‘Libertadores está longe da nossa realidade’, avisa
Com menos de uma semana de trabalho, o técnico Dorival Júnior praticamente não treinou o Flamengo para o duelo com o São Paulo, neste domingo, e viu o time ser goleado por 4 a 1 no Morumbi. Depois do jogo, o semblante do comandante era de preocupação. Dorival assumiu o cargo há menos de uma semana e mal teve tempo de armar a equipe, que não vence há quatro jogos no Campeonato Brasileiro.

O Flamengo estacionou nos 16 pontos na tabela, mais longe do G-4. Por isso, o técnico tratou de por os pés no chão. Título é utopia, por enquanto. Vaga na Libertadores também parece longe para Dorival Júnior, que usou um discurso motivador para tentar fazer os jogadores reagirem.

- Nesse momento, estamos distantes de tudo isso. Libertadores está longe da nossa realidade. O primeiro momento é de recuperação, de dar confiança para a equipe. Temos de buscar um equilíbrio, a equipe está abatida pelo momento vivido. Tem de ter hombridade e dignidade para poder trabalhar. Hombridade para reconhecer que estamos em uma situação ruim. Aí, coisas boas podem acontecer - afirmou o técnico.



Mesmo assim, Dorival elogiou a postura da equipe no primeiro tempo - ainda que o Fla não tenha dado um chute a gol sequer nos 45 minutos iniciais. Na visão do treinador, o gol de Maicon, que abriu o placar, mudou o panorama da partida.

- O jogo estava equilibrado, e no nosso melhor momento tomamos um gol. Foi uma falha de marcação coletiva. No segundo tempo, tivemos iniciativa, melhoramos o posicionamento, mas foi insuficiente para que pudéssemos desfazer o placar - lamentou Dorival.

Só agora, com uma semana livre, Dorival terá mais tempo para conhecer o elenco, que já se reapresenta nesta segunda-feira, no Ninho do Urubu. O técnico vai preparar a equipe para o duelo com o líder Atlético-MG, no próximo sábado, no Engenhão.
Dorival observa: para técnico, jogo estava equilibrado até o 1 a 0(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)fonte globo.com
Postar um comentário