Translate

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Apesar do gramado ruim, Dorival diz que o Fla não deixará de jogar no Engenhão


Treinador fez duras críticas a qualidade do gramado, mas disse que não vai abrir mão de jogar no estádio para não prejudicar a torcida rubro-negra


Equipe do Site Oficial


O Engenhão foi o estádio mais utilizado no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. No total, foram 26 partidas disputadas, além de uma adiada (Flamengo x Atlético-MG), e algumas transferidas para Volta Redonda, para o estádio Raulino de Oliveira, com objetivo de preservar o gramado.

As tentativas de realizar menos partidas no estádio e o aumento de cuidados com o campo, no entanto, não surtiram efeitos práticos. O excessivo número de jogos permanece como grande vilão e as condições do gramado do Engenhão foram alvo de críticas do treinador Dorival Júnior.

"Eu não quero justificar o rendimento, ou a falta de rendimento, em cima do gramado. É apenas uma constatação daquilo que estou ouvindo até mesmo das equipes adversárias. Os jogadores de outros times, não só os do Flamengo, estão reclamando muito do gramado", protestou Dorival.

O treinador rubro-negro lamenta a situação, mas revela que apesar das más condições do gramado não abrirá mão de jogar no Engenhão para não afastar a torcida rubro-negra.

"O estado do gramado do Engenhão é um fato que está desequilibrando a maioria dos jogos, deixando as partidas monótonas, feias. É difícil ter velocidade e qualidade assim. Mas o Flamengo vai jogar onde foi determinado e eu não gostaria de sair do Rio de Janeiro porque aqui o nosso torcedor fica mais próximo", explicou.

Longe do Engenhão, o Flamengo enfrenta o Sport na próxima quinta-feira (30.08), às 21h, em Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, pela 20ª rodada. O Rubro-Negro carioca está na nona colocação no Brasileiro, com 26 pontos.

fonte link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário