Translate

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Cáceres entra na rotina do Fla, e grupo quebra a timidez do paraguaio


Florianópolis é a primeira parada do volante, que vai estrear nesta quarta-feira. Rubro-Negro enfrenta o Figueirense

Foi preciso esperar. Muito. Um mês que mais pareceu um ano para Victor Cáceres. Uma arrastada briga judicial com o Libertad, seu ex-clube, e a Associação Paraguaia de Futebol (APF) atrasou a estreia do volante pelo Flamengo. Apresentado em 6 de julho, só vai poder entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Figueirense, pela 15ª rodada do Brasileirão. Florianópolis é a primeira parada do paraguaio pelo novo clube. Na primeira viagem, Cáceres não conseguiu esconder a timidez. Pouca conversa, alguns olhares curiosos e um sorriso tímido indicavam uma nova rotina. Bem diferente do jogador que se apresenta nos treinos no Ninho do Urubu. Ainda em espanhol, ele costuma conversar com os companheiros, orienta e discute posicionamento.
Cáceres no ônibus a caminho do Galeão (Foto: Reprodução/Twitter Alexandre Vidal)

Do Rio a Floripa, Cáceres passou boa parte do tempo num cantinho. Falou pouco e precisou que os colegas quebrassem o gelo. No Aeroporto Internacional Tom Jobim, enquanto quase todos os jogadores tiravam fotos e brincavam, ele permanecia encostado numa divisória de vidro à espera do embarque. Foi notado pelos demais e chamado para posar para as câmeras. Thomás e Negueba se encarregaram de convidá-lo. Num primeiro momento, o volante relutou, mas logo se juntou ao grupo com um largo sorriso.

No avião, Victor Cáceres caiu numa fila de poltronas sem outros jogadores. O voo para a capital catarinense durou 1h15m, foi tranquilo e com pouco assédio. No aeroporto de Floripa, pouquíssimos torcedores receberam a delegação. Os 19 jogadores e a comissão técnica seguiram para o ônibus e partiram direto para o hotel que serve de concentração para a equipe, na Avenida Beira Mar Norte.
Quebrando o gelo: Cáceres foi chamado por Negueba para posar para a foto (Foto: Reprodução/Twitter Alexandre Vidal)

O último jogo do volante, ainda pelo Libertad-PAR, foi no dia 26 de junho, no empate por 2 a 2 com o Sportivo Carapeguá. Ele foi substituído aos 36 minutos do segundo tempo. Nos dois últimos treinos, trabalhou entre os titulares, foi bem e tudo indica que irá começar a partida desta quarta, às 21h50m (de Brasília), no Orlando Scarpelli.

fonte globoesporte
Postar um comentário