Translate

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Cáceres: ‘Estou feliz por finalmente poder jogar’







Após um mês, novela sobre a sua transferência chega ao fim com a liberação de sua documentação pela APF nesta quinta-feira

Terminou com final feliz a novela envolvendo a transferência do volante Victor Cáceres ao Flamengo. Após um mês de fortes emoções, a Associação Paraguaia de Futebol (APF) finalmente liberou na tarde desta quinta-feira a documentação necessária para que o jogador seja regularizado pelo Flamengo na CBF. Cáceres ficou feliz com o desfecho.

- Estou feliz por finalmente poder jogar. É um sonho meu que está sendo realizado – afirmou o volante, ao LANCENET!

A documentação de sua transferência foi enviada pela APF para a CBF nesta tarde, após seu empresário, Régis Marques, pagar uma taxa necessária pelo recebimento da carta de liberação pela APF, ocorrido na manhã desta quinta-feira. Com isso, a sua regularização no BID pode ser feita a qualquer momento e Cáceres poderá fazer a sua estreia diante do Figueirense, na próxima quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro.

- Finalmente essa novela acabou. Precisou a Justiça interferir para a Associação Paraguaia, que agiu como palhaça em todo o processo de transferência, fazer o que ela é obrigada a fazer com qualquer jogador que se transfira – disse Régis Marques.

RELEMBRE A NOVELA!

Cáceres começou a sua negociação com o Flamengo em maio, quando ainda tinha vínculo vigente com o Libertad (PAR). Entretanto, sua equipe da época não quis liberar o jogador por estar disputando a CopaSantander Libertadores, mesmo com uma compensação financeira.

Com o término de seu contrato com time paraguaio, no fim de junho, Cáceres acertou com o Flamengo e a novela para ser regularizado teve o seu início. Treinando com o elenco desde o início de julho, a sua estreia deveria ser contra o Cruzeiro, fato que acabou não acontecendo devido a falta da documentação.

A APF chegou a ameçar não convocar mais o volante para defender a seleção paraguaia, já que Cáceres e seu empresário entraram com um processo por danos morais contra a entidade. Segundo Régis Marques, o processo não será desfeito mesmo com a liberação feita nesta quinta-feira.

- Vamos continuar com o processo por danos morais contra a Associação Paraguaia. Não é por que ela finalmente liberou o Cáceres que vamos desistir. Foi um mês de desgaste, um mês de pura incompetência dos dirigentes paraguaios. Continuaremos com o processo – enfatizou o empresário.

Na última terça, uma liminar foi concedida pela Justiça do Trabalho do Paraguai, obrigando a associação liberar de forma imediata os documentos necessários para Cáceres poder ser regularizado pelo Flamengo. Régis Marques acredita que a liminar conquistada foi essencial para a novela ter um desfecho feliz.

- Se não fosse a liminar, Cáceres nunca voltaria a jogar futebol – concluiu.

Fonte: Lancepress!
Postar um comentário