Translate

sábado, 18 de agosto de 2012

Magoado com vascaínos, Ramon diz: ‘Quero muito ganhar deles’


Depois de participar da campanha da volta à Série A e do título da Copa do Brasil, lateral-esquerdo diz que foi desrespeitado pela torcida


Por Janir JúniorRio de Janeiro

Quando entrar em campo neste domingo, Ramon terá sua vontade redobrada para conseguir a vitória sobre o Vasco, às 18h30m, no Engenhão. O lateral-esquerdo, que teve passagem pelo adversário de 2009 a 2011, guarda mágoas com torcedores que o perseguiram com vaias e questionamentos sobre sua saída. Será a primeira vez que ele enfrentará seu ex-clube desde que deixou São Januário.

- A minha relação de mágoa é com a torcida. Quando saí, eles não sabiam o que aconteceu. Gostar de mim ou não faz parte, mas o mínimo que eu exijo é respeito. Ficou muito disse me disse. Ajudei a equipe a sair de uma situação ruim - afirmou Ramon.
Ramon diz que mágoa é com a torcida, não com o Vasco (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

O lateral-esquerdo, que participou do retorno do time à Serie A em 2009 e do título da Copa do Brasil, em 2011, deixou clara sua gana para conseguir a vitória:



- Fiz de tudo para não receber cartão contra o Palmeiras, pois estava com dois. Será meu primeiro jogo contra eles desde que saí de lá. Quero muito ganhar deles, é o jogo que mais quero jogar no ano. Sou Flamengo hoje, sempre gostei da torcida.

Ramon diz que não terá problema em trocar de camisa ao final da partida, afinal, sua mágoa maior vem da arquibancada.

- Vou trocar de camisa, a única coisa que a gente leva no futebol é amizade. Tenho um amigo e irmão, que é o Carlos Alberto, que me ajudou na carreira - completou.

fonte globoesporte

siga-nos pelo twitter@urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário