Translate

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Parcela de Vagner Love vencerá em agosto


Flamengo tem até o fim deste mês para efetuar pagamento da primeira parcela de um total de seis relativas à compra do atacante

Vagner Love foi a principal contratação do Flamengo para este ano (Foto: Bruno de Lima)


Amélia Sabino
Eduardo Mendes
Publicada em 08/08/2012 às 07:02
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo terá o mês de agosto para arcar com um compromisso relativo ao maior investimento feito para esta temporada. Até o dia 31, o clube precisa quitar a primeira parcela referente à compra de Vagner Love.


Em janeiro, o Rubro-Negro acertou com o CSKA, da Rússia, o preço de dez milhões de euros (R$ 25,1 milhões) pela transação do atacante. Desse total, 1 milhão de euros (R$ 2,5 milhões) foi pago à vista. Os outros nove milhões de euros (R$ 22,6 milhões) transformaram-se em seis parcelas de 1,5 milhão de euros (R$ 3,7 milhões) com vencimento marcado para os meses de agosto e de dezembro de cada ano até 2014.

O LANCENET! entrou em contato com o vice de finanças do Fla, Michel Levy, e ele não quis confirmar se o pagamento referente à agosto já havia sido efetuado:

– Pede ao CSKA para falar porque não irei comentar sobre isso.

O representante do clube russo, o português Dionísio Castro, não soube informar à reportagem se o clube brasileiro quitou a primeira parcela.
Caso ainda não tenha efetuado o pagamento, o Flamengo poderá usar parte das luvas que receberá da TV Globo por assinar a prorrogação do contrato de transmissão do Brasileiro até 2017. Será votada no Conselho Deliberativo, nesta quinta-feira, a extensão desse acordo com a TV Globo. Só de bônus, serão R$ 30 milhões.

Luvas

O staff de Vagner Love não confirmou se o pagamento das luvas do jogador está em dia. Havia uma pendência de parcelas referentes ao primeiro semestre.


– Isso eles pagam diretamente ao jogador. Precisaria conversar com Vagner – explicou Evandro Ferreira, agente de Love.


O vice de finanças, Michel Levy, também não se pronunciou:


– Isso é um assunto interno.
fonte lancenet
Postar um comentário