Translate

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Gilmar diz que problema de Adriano é médico: ‘Não sei por que não vai’

Ex-empresário conta que avisou a Roma e Corinthians que o Imperador precisava de acompanhamento especializado para superar problemas

Empresário de Adriano desde que o atacante, ainda garoto, trocou o Flamengo pelo futebol europeu, no início da última década, Gilmar Rinaldi já não trabalha com o Imperador desde o março de 2011. O agente, em entrevista ao canal de TV BandSports, lamentou na noite desta terça-feira mais uma recaída do antigo cliente. Sem citar o álcool, Gilmar ressalta que Adriano é uma grande pessoa, mas lembra que, sem ajuda médica, o jogador do Flamengo não vai conseguir driblar seus problemas.





Convivi com o Adriano muito tempo. É um cara espetacular, mas o problema dele é médico. Ele precisa de cuidados médicos especializados há muito tempo. Se não fizer isso, não acredito. Ele tem tempo ainda. Está faltando o que Moratti (Massimo, presidente do Inter de Milão), Corinthians, São Paulo e todos os clubes disseram: ele precisa de ajuda especializada. É simples. Hoje é normal ir a um médico, psicanalista, mas sem isso está difícil. Não sei por que não vai (a um médico), eu também não consegui (fazê-lo ir) – lamentou Gilmar.

O empresário contou ainda que avisou a Roma e Corinthians, os dois últimos clubes de Adriano, que o jogador precisa de ajuda especializada.

- É muito difícil, não estou mais com ele. Só tenho contato com a mãe, continuo amigo da família. Torço para que ele volte e se recupere desse momento. Quando tinha de falar, eu disse tudo. Tentei alertar e ser parceiro do Corinthians. O Andrés esteve no meu escritório e acertamos toda negociação. Exigi que tivesse um médico especializado para cuidar dele no Roma, prometeram e não cuidaram dele. Falei isso para o Corinthians. Espero que ele se conscientize, porque tem um potencial muito grande. É um desperdício realmente para um jogador como ele – finalizou.

Pai de Neymar também dá opinião

Pai da maior estrela atual do futebol brasileiro, Neymar da Silva Santos também falou sobre o assunto:

- É difícil falar de fora, mas é um desperdício fazer isso com a própria vida. Ele mesmo se culpa. É um exemplo para todos, pego essas experiências de erros e coloco para mim. Perder um pai não pode ser um problema, uma muleta. É difícil julgar a perda de um pai, mas ele precisa se recuperar. Já dei exemplo ao Neymar sobre isso. De repente, somos tão apegados, eu parto daqui, ele tem de saber administrar isso, porque vou ressuscitar se ver que ele está jogando a vida fora depois de conquistar tudo. Peço que se levante. É mais triste para o pai em outra dimensão estar olhando a destruição do próprio filho – avaliou.

Adriano perdeu o pai logo após a Copa América de 2004, quando foi o grande destaque no título da Seleção. Foi depois deste episódio que seus problemas extracampo se agravaram consideravelmente.

Na última segunda-feira, Adriano faltou ao treino previsto para a parte da tarde, no Ninho do Urubu, e não avisou ao Flamengo. O jogador havia passado o dia na Vila Cruzeiro, comunidade na qual foi criado. Ao ir embora, por volta das 18h, envolveu-se num acidente com um motociclista. Nesta terça, o Imperador se desculpou com torcedores e colegas de time. Zinho, diretor de futebol do Flamengo, confirmou que ele pode ter o contrato rescindido em caso de nova falta.

Fonte: Globo Esporte.com



siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário