Translate

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Revisões no contrato entre Flamengo e Adidas impedem votação da proposta

Clube e multinacional alemã discutem cláusulas que envolvem reajustes e possíveis reduções do valor inicial proposto dentro do contrato de dez anos



Olympikus pode sair do clube no fim deste ano (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

Novas cláusulas adicionadas ao contrato proposto pela Adidas ao Flamengo brecam as negociações e impedem que o documento seja enviado ao Conselho Deliberativo para votação.


Depois de causar um racha entre membros da oposição que questionaram a votação do contrato antes da eleição presidencial, houve uma revisão por parte do Fla de alguns termos que dizem respeito aos valores projetados no período de dez anos, conforme consta na proposta da Adidas.


Nos últimos dias, o vice-presidente Hélio Ferraz debateu com os executivos da Adidas detalhes como reajuste do valor inicial mediante a um possível aumento de valor mercado no futuro. Em contrapartida, a empresa alemã determinou uma redução do montante combinado caso o Flamengo seja rebaixado para a Série B.


Os entraves que cercam o acordo são motivos usados por boa parte da oposição para convencer a atual gestão definir sobre o novo patrocinador esportivo apenas no início do próximo ano.


A multinacional e o clube já chegaram a um denominador comum sobre o aumento de R$ 13 milhões sobre os R$ 350 milhões oferecidos inicialmente para ressarcir a Olympikus e finalizar o contrato com a atual fornecedora no fim deste ano.


A proposta da Adidas foi encaminhada ao Flamengo no dia 27 de abril e, na época, o clube teria cem dias para responder à multinacional. Desde então, a Olympikus foi informada e, no fim de agosto, entregou ao clube a contraproposta que não conseguiu cobrir as cifras da concorrente.



fonte link



siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário