Translate

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Flamengo anuncia novo vice-presidente e diretor de futebol

Presidente eleito nomeou Wallim Vasconcellos como responsável pela pasta e Paulo Pelaipe como homem forte do departamento


Site Oficial do Flamengo



O auditório Rogério Steinberg, na sede social do Flamengo, na Gávea, estava lotado, no início da tarde desta terça-feira (11.12), para o anúncio da nova cúpula do futebol, nomeada pelo presidente eleito para o próximo triênio, Eduardo Bandeira de Mello. Muitos jornalistas e novos dirigentes do clube se reuniram e ouviram do mandatário que Wallim Vasconcellos será o vice-presidente responsável pela pasta futebol e que Paulo Pelaipe será o diretor executivo, homem forte do departamento.

No início da entrevista coletiva que marcou o anúncio, Eduardo Bandeira de Mello passou a palavra para Wallim, que anunciou Pelaipe. E as perguntas começaram a ser feitas, basicamente direcionadas aos dois.

Wallim explicou como funcionará a estrutura do departamento, que terá um comitê gestor, onde o maior ídolo do clube, Zico, participará.

"Estou muito feliz com esse desafio de ser vice-presidente de futebol. Será uma missão diferente e vamos conduzir o departamento com muito amor e empenho. O futebol é a alma do clube. Nos esforçaremos ao máximo para levar o Flamengo de volta aos tempos de Zico e Cia. Formaremos um comitê gestor, integrado pelo presidente do clube, por mim, pelo Bap (futuro vice-presidente de marketing), pelo (Flavio) Godinho, pelo Zico e pelo Pelaipe. Ele (Paulo Pelaipe) tem uma história longa e de sucesso no futebol. Para mostrar seriedade desde já, trouxemos uma pessoa do calibre dele para implantar o modelo que queremos, profissional, no futebol. Sem dúvida vai nos ajudar muito", afirmou Wallim, que fez questão de pontuar o motivo da nova diretoria ter optado por não colocá-lo como diretor geral do clube, como chegou a ser especulado antes.

"Todos viemos para o Flamengo com o propósito de não sermos remunerados. E o cargo de diretor geral, assim como todos os outros diretores, deverão ser remunerados. Eu não fiquei confortável com isso e não queria dar a oportunidade de ninguém poder insinuar que eu teria vindo para o Flamengo para arrumar uma boquinha. O projeto nunca foi esse. Então pedi para o presidente para não assumir esse cargo, ele entendeu e me ofereceu o futebol. Sempre o lema vai ser nada do Flamengo e tudo pelo Flamengo".

Também se apresentando, Paulo Pelaipe, que construiu a maior parte de sua carreira no futebol no Grêmio, enalteceu a grandeza do Flamengo e revelou que já está trabalhando na formação de um grande time para a temporada 2013.

"Foi um prazer enorme aceitar o convite do maior clube do Brasil, o clube com mais torcedores em nosso país. Agradeço a confiança dos gestores e falo, com certeza, que foi o maior presente de natal antecipado que ganhei em toda a minha vida. Farei o possível para corresponder a expectativa e já estou trabalhando. Assim que sairmos daqui, nos encontraremos com o Zinho e veremos qual o planejamento que ele e o Dorival têm. Não dá para perder tempo. Teremos um plantel forte e competitivo", disse Pelaipe.

Sobre o futuro de Zinho e Dorival Junior, o novo vice de futebol explicou que o projeto será apresentado aos dois e, a partir daí, será decidido a permanência ou não dos profissionais no Flamengo.

"Colocaremos para eles nossa filosofia de trabalho. Se eles estiverem de acordo, ficam, caso contrário, devem sair. Mas temos que falar com eles para sentir isso. O homem forte do futebol do Flamengo será o Paulo (Pelaipe), mas o Zinho pode continuar, sim. De repente como gerente do departamento. Vamos decidir isso rapidamente", encerrou Wallim.


fonte link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário