Translate

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Elias aponta a prioridade do Fla para ser campeão: zaga forte



Para o volante, equipes vencedoras nos últimos anos se destacaram por sofrerem poucos gols. Até agora, Flamengo levou um em três partidas


Por Alexandre Lozetti e Richard SouzaRio de Janeiro


Elias conduz a bola em treino do Flamengo
(Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Uma defesa forte, que sofra poucos gols. Esse tem de ser o principal objetivo do Flamengo na temporada para conseguir conquistar títulos. Pelo menos na visão do volante Elias. O jogador, que fará sua segunda partida com a camisa rubro-negra nesta quinta-feira, contra o Vasco, ressaltou o fato de que nos últimos anos os times campeões têm essa característica em comum: uma zaga poderosa e quase intransponível.

O ano de 2012 mostra que a opinião de Elias faz sentido. No Campeonato Brasileiro, o campeão Fluminense teve a defesa menos vazada ao lado do Grêmio, terceiro colocado: 33 gols. Já o Corinthians, ex-time do volante, sofreu apenas quatro gols nas 14 partidas da vitoriosa campanha na última Taça Libertadores.

É verdade que até aqui, em 2013, o Flamengo não enfrentou adversários poderosos. Ao contrário. Mas o início tem agradado ao técnico Dorival Júnior. A equipe só foi vazada no empate por 1 a 1 contra o Madureira, e passou ilesa às vitórias sobre Quissamã (2 a 0) e Volta Redonda (1 a 0).

- O fator principal do nosso time é a marcação. A maioria dos times que conquistam títulos sofrem poucos gols, então estamos no caminho certo. Com o tempo, vamos pegando confiança e melhorando na criação de jogadas, nas finalizações, mas o mais importante é não sofrer gols.



No clássico contra o Vasco, Dorival mais uma vez vai começar a partida com Renato Santos e Marcos González na zaga. Alex Silva ainda continua em recuperação física, e Wallace, contratado junto ao Corinthians, é o reserva. Os defensores contam ainda com a proteção de Cáceres no meio-campo, embora o treinador não tenha confirmado sua escalação.

Além de opinar sobre o setor defensivo, Elias também deu seu pitaco na preparação da equipe neste início de Campeonato Carioca. Na véspera do jogo, ao contrário do habitual, Dorival aboliu o rachão e deu um treino tático. O volante acha que início de ano é o momento apropriado para esse tipo de atividade.

- Rolou rachão no jogo passado, mas como essa semana está mais apertada, ele (Dorival) preferiu um treino tático, posicionar o time, até para que a gente possa crescer. Ainda estamos em pré-temporada, mais tarde a gente pensa em rachão. Agora vale o esforço.




Fonte link



                                                                                                                                   
Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário