Translate

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Flamengo faz de 2013 seu ‘ano de transição’ para dar salto

Time forte, poderio financeiro e uso de pré-temporadas para arrecadar compõem visão de futuro



CARLOS EDUARDO MANSUR


Ibson, Vágner Love e Liédson a frente dos jogadores do Flamengo no primeiro treino físico da equipe no ano Fla Imagem / Divulgação


RIO - A nova diretoria do Flamengo garante: o time não pretende ser mero figurante em 2013. No entanto, a atual temporada foi eleita como um “ano de transição” para o clube conseguir dar saltos maiores. O “nada será como antes” ficará para 2014, quando a promessa é de um clube mais poderoso nas finanças, audacioso no marketing a ponto de arrecadar até em pré-temporada e, consequentemente, forte no campo. Para tanto, jogadores pedem paciência enquanto o clube tenta se reordenar.

Os dirigentes prometem que o time ganhará reforços de bom nível. Mas a mudança de patamar, a clara percepção de que o clube atingiu novo padrão, não está prevista para esta temporada.

— O Flamengo sempre entra para ganhar em qualquer campeonato. Mas é um ano de transição. Espero que, tanto administrativamente quanto no futebol, daqui a um ano a gente tenha um novo Flamengo — disse o vice de futebol, Wallim Vasconcelos.

A profissionalização de todas as áreas do clube, com a contratação de executivos, é apenas um passo. O seguinte é a contratação de uma auditoria, o que já aconteceu. Ela fará um levantamento exato do valor e do perfil da dívida do clube. Além disso, um exame profundo do número de funcionários e da função de cada um será feito para implementar o novo plano de gestão. O número atual, estimado em 700, sofrerá cortes.




fonte link



siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário