Translate

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Flamengo quer mandar jogos de basquete no Maracanãzinho




Equipe pretende enfrentar Franca e Uberlândia no ginásio. Negociações começam nesta semana


Fábio Aleixo - 30/01/2013 - 10:01 São Paulo (SP)

Último jogo de basquete do Maracanãzinho foi em 2009 (Foto: Bruno de Lima)

A campanha invicta do Flamengo no NBB, com 17 vitórias no primeiro turno, empolgou a alta cúpula do clube. Antes satisfeita em mandar os jogos no acanhado ginásio do Tijuca Tênis Clube, a direção quer mudar de casa.

O alvo rubro-negro é o Maracanãzinho, e as negociações para que o Fla jogue no ginásio começarão nesta semana. A ideia é que as partidas contra Franca (em 16 de fevereiro) e Uberlândia (no dia 18) sejam disputadas no local. Os jogos serão válidos pela 23 e 24 rodada da competição nacional.

Um dos entraves que impede a realização de partidas de basquete no Maracanãzinho já foi solucionado: a falta de um piso adequado.

A Liga Nacional de Basquete (LNB), entidade que organiza o NBB, já disponibilizou as placas de madeira ao Flamengo de forma gratuita. Ao clube, restará apenas arcar com os custos de transporte e montagem da quadra.

O fato de o RJX e a Unilever – equipes que jogam as Superligas Masculina e Feminina, respectivamente – não disputarem partidas neste dia no principal ginásio do Rio de Janeiro também contribui para que o plano tenha sucesso.

Para que o martelo seja batido e a tabela do NBB seja alterada, falta apenas o acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro (Suderj), responsável pela administração do Maracanãzinho. Em uma reunião a ser agendada nos próximos dias, o Flamengo negociará o preço do aluguel da arena e as contrapartidas que terá.

Atualmente, no ginásio do Tijuca, o clube paga um aluguel, mas tem direito a ficar com toda a renda proveniente de bilheteria. A acanhada arena tijucana comporta 3 mil espectadores. No Maracanãzinho, a capacidade é de 11.800 pessoas.

– De início, queremos fazer estes dois jogos lá (contra Franca e Uberlândia). Depois, a ideia é jogarmos todo o playoff. Teríamos mais torcida e um aumento considerável das receitas. O Maracanãzinho tem a cara da torcida do Flamengo – afirmou Marcelo Vido, diretor de esportes olímpicos do Flamengo.

Basquete sem espaço

O Maracanãzinho não recebe uma partida do Flamengo desde o dia 24 de abril de 2009, segundo informações da Liga Nacional. Nesta data, o Rubro-Negro venceu o Vila Velha/Cetaf por 89 a 68. Esta partida foi válida pela primeira edição do NBB. Naquela mesma temporada (2008/2009), o Fla fez outras oito partidas no ginásio e perdeu apenas uma, contra o Brasília.

Também no primeiro ano de disputa do NBB, o Maracanãzinho foi palco do Jogo das Estrelas.

Desde então, em todas as outras edições da competição, os únicos ginásios que receberam partidas do NBB foram o Tijuca e a Arena HSBC, onde o Flamengo conquistou o seu único título do torneio.

Também em 2009, às vésperas da disputa da Copa América de Porto Rico, a Seleção Brasileira masculina disputou o Torneio Super Four no Maracanãzinho contra Argentina, Austrália e Uruguai.


Fonte  link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário