Translate

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Pelaipe vê Cadu à altura da 10 do Fla e avisa: 'Vamos atrás de um atacante'



Diretor de futebol diz que chance de vestir a camisa que já foi de Zico é presente para Carlos Eduardo. Vaga de Vagner Love será preenchida


Por Richard SouzaRio de Janeiro



Carlos Eduardo chega para vestir a camisa de Zico
(Foto: AFP)

Carlos Eduardo avisa que está pronto. Sabe da responsabilidade que terá de assumir ao vestir a camisa 10 do Flamengo, mas garante que não sentirá a pressão sob o número eternizado por Zico. O diretor de futebol rubro-negro, Paulo Pelaipe, também vê no meia-atacante, de 25 anos, a capacidade de representar o maior ídolo do clube à altura. Mas é contra comparações.

- É um presente que ele (Carlos Eduardo) recebe. Tenho certeza de que tem condições de nos ajudar. O Zico é o Zico, não podemos fazer comparação. A função de meia está carente no futebol brasileiro, são poucos. Por isso vários clubes queriam o Carlos Eduardo. Inter, Santos e Fluminense o queriam pela qualidade que ele tem. A camisa 10 é a mais importante do clube, do maior ídolo, de um dos maiores jogadores do Brasil. Essa camisa é uma lenda, representa a história do Flamengo, o maior símbolo do clube vestiu. Até isso ajudou na contratação do Carlos Eduardo. Ele vai vestir o manto sagrado que foi do Zico – disse Pelaipe.

Cadu é o quinto reforço do clube para a temporada, mas será o primeiro a ser apresentado na Gávea - nesta sexta, às 17h. Ele quer estrear ainda durante a Taça Guanabara. Para isso, precisa ser inscrito até segunda-feira. Depois do camisa 10, Pelaipe avisa que vai trabalhar para preencher outra importante lacuna do grupo: a vaga deixada por Vagner Love, que voltou ao CSKA da Rússia.


Além do meia-atacante, chegaram o volante Elias, o meia Gabriel, o lateral-esquerdo João Paulo e o zagueiro Wallace. Pelaipe vê o time mais forte com eles para a disputa do título estadual e também confia na base.

- Agora, vamos atrás de um atacante para o Flamengo. Não sei se será de peso, se terá 60, 70, 90 quilos. Vamos buscar mais um jogador, com calma, como estamos fazendo até agora. Nós precisamos sempre trabalhar com convicção para tentar diminuir o risco de erro. Estamos fazendo contratações pontuais e estamos cumprindo o que nós prometemos. No dia que fui apresentado a vocês (jornalistas), falei que durante o primeiro turno do campeonato teríamos quatro ou cinco reforços. O Carlos Eduardo é o quinto reforço.

- O Dorival vai ver qual é a equipe titular, dar entrosamento, precisa ter paciência com o trabalho. O Flamengo, pela sua grandeza, está na competição para disputar títulos. Vamos lutar e fazer tudo o que pudermos para dar alegria ao torcedor. Não é fácil. São quatro grandes clubes, e os outros que disputam estão há 40, 60 dias treinando, estão há mais tempo. Vamos apostar na base, o Dorival vai continuar dando chance para os meninos da base. No momento em que a torcida acredita no nosso trabalho, aumenta a responsabilidade do dirigente.





Fonte link




Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário