Translate

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Contrariado, Dorival reclama das condições de campo do Ninho




Técnico chega a deixar o treino para relatar estado do gramado para o diretor executivo Paulo Pelaipe


Por Janir Júnior Rio de Janeiro



Dorival Júnior saiu do sério com campo de
treinamento (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Na tarde dessa terça-feira, dia da reapresentação do Flamengo depois de dois dias de folga, Dorival Júnior demonstrou extrema contrariedade com o estado do gramado para treinamentos. Com semblante fechado, o treinador deixou a atividade no Ninho do Urubu por alguns minutos e se dirigiu à sala do diretor executivo Paulo Pelaipe para relatar que o campo 5 não estava em condições ideais para o trabalho.

O campo 5, que tirou Dorival do sério, foi o bancado pela Brahma. A reclamação do técnico, porém, parecia destinada à manutenção. Foi possível perceber que a grama estava alta. Quando o campo foi inaugurado em setembro do ano passado, a empresa divulgou que estava entregando o local “completamente reformado, um novo gramado com medidas oficiais (105x68m), dois bancos de reserva, seis flâmulas atrás do gol, um par de balizas com rede e gramado com sistema de irrigação”.

- Com a necessidade do Flamengo em ter um campo de qualidade para o elenco profissional treinar, a Brahma entrega esse local com estrutura para os jogadores, comissão técnica, imprensa e tudo de que um clube com o tamanho do Flamengo precisa - disse o gerente de marketing da empresa, Rafael Pulcinelli, na ocasião.

O campo 4, que fica bem ao lado, também apresenta alguns buracos. No ano passado, o campo 1, hoje em reforma e inutilizado, chegou a causar problemas aos jogadores. Deivid se machucou ao pisar num buraco. Em certa ocasião, depois de cair no gramado e ralar a coxa, Ronaldinho Gaúcho esbravejou:

- Também, com essa grama...

Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário