Translate

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Mattheus sente dores e deve ter de esperar para voltar a ser relacionado




Meia tem um problema na coxa direita e está no departamento médico. Havia chance de ser convocado para pegar o Botafogo, neste domingo


Por Richard SouzaRio de Janeiro



Mattheus não deve enfrentar o Botafogo no domingo
(Foto: Fábio Borges / VIPCOMM)

Mattheus deve ter de esperar um pouco mais para voltar a ter chances de ser relacionado pelo técnico Dorival Júnior. No início do treino da manhã desta quinta-feira, o meia sentiu dores na parte anterior da coxa direita e teve de deixar a atividade para fazer tratamento. Ele será avaliado no treino da tarde desta sexta para saber se ficará à disposição no clássico com o Botafogo, domingo, às 18h30m, no Engenhão. Na semana passada, o diretor de futebol Paulo Pelaipe disse que a ideia era relacioná-lo para o jogo. Sem Nixon e Thomás, que se recuperam de lesão, ele poderia ganhar uma oportunidade.

A situação de Mattheus no Flamengo ainda não é clara. Ele tem contrato até dezembro, mas seus empresários trabalham para que o clube chegue a um acordo com o Juventus. Os italianos tentaram contratá-lo no mês passado, mas a transferência do jogador não foi concluída dentro do prazo da janela internacional, em 31 de janeiro. O Rubro-Negro quer renovar o contrato dele, mas o meia, de 18 anos, está decidido a sair. A proposta do clube de Turim é considerada irrecusável.

Até se machucar, Mattheus vinha treinando normalmente. Dorival Júnior, no entanto, avisou que ele só seria relacionado quando o assunto transferência fosse resolvido. O treinador defende a permanência e chegou a citar Neymar.

- Pretendo usar (o Mattheus), que ele tenha condições de crescer no Flamengo. Os empresários dele estariam fazendo um grande favor se deixassem ele completar esse ciclo. Fatalmente ele vai para um grande clube. Seria fundamental para ele que ficasse. O que tem acontecido com o Neymar é um exemplo claro. O jogador jovem tem que ter um tempo para mostrar as suas melhores condições no seu clube aqui no Brasil. Vai ter um passo a mais com o passar do tempo e dos jogos. Só espero que os empresários tenham essa consciência. Enquanto a situação não se definir, não posso fazer isso (relacionar o jogador) - disse.

O diretor Paulo Pelaipe diz que tem conversado com os representantes do jogador na tentativa de chegar a um acordo. A partir de 30 de junho, o meia poderá assinar contrato com outro clube.

Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário