Translate

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O cenário perfeito para Dorival



por Pedro Leanza


Quando enfrenta adversários do mesmo porte que o dele, o Flamengo não se incomoda em jogar nos contra-ataques. Tem sido óbvia e eficiente a proposta de jogo montada por Dorival Júnior. O técnico rubro-negro, inclusive, tem acertado muito mais do que errado nesta temporada.

No clássico de ontem com o Botafogo, tudo o que foi treinado durante a semana surtiu efeito. Abdicar de coletivos para aperfeiçoar as saídas de contra-ataque e a forte marcação no campo do adversário foram os principais fatores que deram mais um triunfo ao clube da Gávea.

No primeiro lance de ataque, a competência de Hernane se aliou à sorte e o Brocador fez o seu oitavo gol no Campeonato Carioca. Pronto! O cenário que Dorival Júnior sonhou durante os últimos dias estava criado. A vantagem fora alcançada e os contra-ataques passariam a ser muito bem-vindos. Carlos Eduardo, que estreava pelo Rubro-Negro, atuou bem e demonstrou que pode se adaptar ao esquema, jogando pela ponta direita. Na segunda etapa, mais um
acerto de Dorival. O técnico tirou o camisa 10, claramente desgastado fisicamente, e botou Rodolfo. Acompanhado por Rafinha, o meia infernizou a zaga do Bota.

Sem correr grandes riscos, o jogo acabou mesmo com a vitória do Flamengo por 1 a 0. Com o triunfo, o Fla se garante como líder geral da Taça Guanabara.


Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário