Translate

terça-feira, 24 de julho de 2012

De volta, Welinton conta com apoio da torcida: 'Um pouquinho de calma'


Após saída de Joel Santana, zagueiro volta a ter chance e é escalado por Jaime de Almeida entre os titulares


Joel Santana sai, Welinton retorna. Bastou um dia após a demissão do treinador para o zagueiro voltar a ganhar uma oportunidade no time titular do Flamengo. Barrado desde junho, o camisa 3 perdeu o lugar para Marllon, de 20 anos, e sequer entrava na lista de convocados para as partidas. Foi parar no fim da fila, atrás dos reservas Thiago Medeiros e Arthur Sanches, sem receber qualquer explicação do ex-técnico. No coletivo da tarde desta quarta-feira, o auxiliar Jaime de Almeida o escalou ao lado de Marcos González. Esta deve ser a zaga que enfrentará a Portuguesa, nesta quinta-feira, no Engenhão.

- Quando ele (Joel) botou para jogar, não deu satisfação. Quando tirou, não deu também. Não fui falar com ele, ele não veio falar comigo. Mas não tenho mágoa nenhuma. No momento em que ele me tirou fiquei chateado, mas respeitei. Foi uma opção dele. Cabe a mim respeitar e trabalhar. Saiu, assumiu o Jaime, e estou tendo uma nova chance – disse o jogador.

Welinton já está entre os profissionais do Flamengo desde 2009, mas encara este retorno como uma estreia. A confiança de Jaime ele sabe que tem, mas terá de fazer mais. Em breve, o diretor de futebol Zinho vai anunciar o novo técnico. Dorival Júnior é o mais cotado. O maior desafio, no entanto, está nas arquibancadas. Na época em que foi sacado do time, o zagueiro sofria duras críticas dos torcedores. Ele não teme uma recepção hostil.

- Vou estar dentro de campo e sei que a torcida vai apoiar, vai ajudar o nosso time. Se eu der o meu melhor, fizer uma grande partida, ela vai apoiar. Que tenha um pouquinho de calma. Sabemos que estamos devendo, mas estamos trabalhando e com o apoio deles vamos coseguir melhorar a nossa situação.
Assisti a todos os jogos, claro. Sempre torcendo. Era muito ruim ver pela televisão, estar longe, mas não tive raiva".
Welinton

O último jogo do zagueiro foi em 9 de junho, na vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba. De lá para cá, viu tudo à distância:

- Assisti a todos os jogos, claro. Sempre torcendo. Era muito ruim ver pela televisão, estar longe, mas não tive raiva. Sempre torci pelos meus companheiros, para o time vencer. Foi um período muito difícil. Mas os familiares e amigos deram apoio. Sabia que tinha de trabalhar, tinha de dar um pouco mais. Vai ser como se fosse a primeira vez. Mas agora estou um pouco mais rodado (tem 23 anos). Quero ajudar o clube, quero que o time saia com a vitória. Vou procurar agarrar a chance da melhor maneira possível.

Jaime de Almeida começou o coletivo desta quarta-feira com Paulo Victor, Léo Moura, Marcos González, Welinton e Magal; Airton, Luiz Antonio, Ibson e Mattheus; Adryan e Vagner Love. O lateral-esquerdo Ramon ficou fazendo um trabalho de fortalecimento na academia, mas não será problema.

Flamengo e Portuguesa se enfrentam às 21h (de Brasília), pela 12ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro tem 15 pontos e está em décimo.




fonte globo.com
Postar um comentário