Translate

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Dorival tenta conter o desespero do Flamengo, a quatro pontos da degola







Em duas partidas comandando o Flamengo e apenas dois dias de treinamento, o técnico Dorival Júnior pouco pôde fazer para modificar o padrão de jogo da equipe, mas já identificou os problemas. Na semana que começa hoje, a preparação para o duelo contra o Atlético-MG de Ronaldinho Gaúcho no próximo sábado será baseada na recuperação da confiança e na busca por reforços para determinadas posições. O time está a quatro pontos da zona de rebaixamento no Brasileirão.

— A Libertadores ainda não é nossa realidade. Nosso horizonte é a recuperação da confiança e do equilíbrio da equipe, que está abatida pelo momento. Já dei na primeira partida uma opinião sobre o que precisamos, e vamos começar o trabalho amanhã (hoje) em busca de um novo momento — disse.

As opiniões do novo treinador são claras. A necessidade de reforços já faz a diretoria se movimentar. Por outro lado, os jovens da base não têm conseguido um com desempenho diante do momento conturbado do time e devem ser poupados. Dorival Júnior tenta manter a tranquilidade mesmo com o início repleto de incertezas.

— A responsabilidade tem que ser dividida. É natural que com um resultado como esse tudo passe a ser questionado. Precisamos de alguns reforços e trabalhar mais. A conseguência é sempre negativa com a derrota, pressão vai acontecer sempre no Flamengo — avaliou, sem querer colocar a culpa em esse ou aquele atleta em pior fase.

— Eu tenho consciência do que assumi, vi a equipe jogar anteriormente, estamos vivendo um momento instável, de insegurança geral, mas nada que não seja revertido com comprometimento — disse, esperançoso.

Ibson resume: “Envergonhado”

A má fase do Flamengo pode não ter um culpado exclusivo, mas os principais jogadores da equipe claramente não conseguem conduzir a equipe a uma melhora. Um deles é Ibson. Responsável pela organização das jogadas, o camisa sete lamenta o momento rubro-negro e se diz envergonhado, mas divide as responsabilidades.

— Não sou dois ou três jogadores, é a equipe toda, a gente fica triste, porque quer dar alegria para a torcida, mas não conseguimos. A gente pede desculpa ao torcedor. Eu particularmente estou muito triste com isso, tenho uma vida dentro do clube, fico envergonhado, chateado por não poder dar alegria a eles, estamos chateados, mordidos e com vergonha — desabafou Ibson.

Desde que saiu do Santos e chegou com status de grande reforço, o jogador não fez uma grande partida. O momento de transição com a chegada de um novo treinador abre espaço para novas mexidas no time, e um crescimento ainda é esperado.

— Temos uma equipe boa, o Dorival deu uma levantada no time. É uma situação difícil, a gente não vem vencendo, a equipe vem lutando, não é falta de empenho. Ficamos sempre atrás do placar buscando os gols, mas cometemos erros que levaram aos gols, não adianta lamentar, é manter cabeça erguida — pediu Ibson, abatido.

Falhas colocam Paulo Victor sob pressão

A falha no segundo gol do São Paulo e a insegurança em outras jogadas deixaram o goleiro Paulo Victor pressionado na condição de titular. Responsável por belas defesas em outras partidas, o camisa 27 teve um desempenho abaixo do normal e pode dar lugar a Felipe.

O técnico Dorival Júnior, que teve uma conversa com o antigo titular e não abre mão dele no grupo, preferiu não entrar no mérito de uma provável troca no momento.

— Não vou ficar expondo nenhum atleta. A responsabilidade total do resultado é do treinador. Muita coisa tem que melhorar. Jogar em cima de um ou dois companheiros seria simples e isso não se faz. Alterações são naturais, vamos procurar um encaixe de um ou outro atleta — disse.

O goleiro Paulo Victor preferiu não avaliar a própria atuação e disse que sempre faz o melhor pelo Flamengo. Felipe, que voltou ao banco de reservas ontem, perdeu peso e tem se dedicado aos treinos com animação.

O volante Aírton, que sentiu dores na coxa direita no jogo de ontem, será avaliado hoje pelos médicos. Já Muralha volta aos treinos após lesão na região pubiana. Deivid ainda está fora.

Fonte: Jornal Extra
Postar um comentário