Translate

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Zinho não pensa em deixar o Flamengo: ‘Vou seguir com transparência e honestidade’





A crise entre o diretor de futebol do Flamengo, Zinho, e o vice de finanças Michel Levy foi mastigada durante a noite e, nesta quarta-feira, já está digerida. Zinho, que ameaçara deixar o cargo, está na concentração do time, na Barra da Tijuca, mais calmo. Ele já conversou com a presidente Patricia Amorim e recebeu também ligações telefônicas de vários vice- presidentes. Zinho estará no Engenhão assistindo a Flamengo x Corinthians, a partir das 21h50.

- A partir do momento em que ele (Michel Levy) se retratou, nossa relação voltou a ficar boa. Todos os vices do clube me ligaram. O Michel também me ligou. Ele disse: "Pelo amor de Deus, estou contigo. Não vou te trair". Tenho que acreditar na sua palavra - disse Zinho, ao site do Extra.

O dirigente já não pensa em abandonar o Flamengo. Ele dedicará a tarde desta quarta-feira a dar continuidade às negociações, já que a janela de transferências se fecha na sexta.

- Vou seguir meu trabalho com transparência e honestidade. O importante é que já está tudo esclarecido. É fundamental que todos os dirigentes estejam unidos em prol do Flamengo.

A relação entre Zinho e Michel Levy ficou abalada na tarde de terça-feira, quando, durante uma entrevista coletiva, um jornalista avisou ao diretor de futebol que o vice de finanças teria um encontro com Riquelme para fechar sua contratação. Aborrecido, Zinho telefonou para Levy interpelando-o, já que teria sido informado de que a viagem à Argentina era de folga e, não, de trabalho.

- Cheguei a dizer: "Saio eu ou sai você". Na verdade, apenas botei pressão para que ele (Michel Levy) se retratasse. Já está tudo resolvido. Ele desmentiu a informação de que estaria negociando com Riquelme - falou.

O episódio aproximou ainda mais Zinho à presidente Patricia Amorim.

- Não tenho o que falar da presidente. Ela me ligou, me confortou, confiou em mim e está comigo no hotel - destacou Zinho, por telefone.

fonte extra.com
Postar um comentário