Translate

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Adidas aceita exigências e acerto caminha com Flamengo; Hélio Ferraz explica avanço

por Bruno Braga em 10.out.2012 às 7:40h


O vice-presidente do Flamengo, Hélio Ferraz, expôs na reunião aberta do Conselho Fiscal, na noite da última terça-feira, que a Adidas aceitou modificar alguns pontos do contrato após questionamentos internos por parte da comissão criada para analisar o documento. As novidades deixaram os conselheiros e os membros do conselho diretor entusiasmados e o acerto caminha favoravelmente para ser finalizado e encaminhado para o Conselho Deliberativo.

- Estive sim na reunião e apresentei aos conselheiros algumas questões sobre o contrato da Adidas. Avançamos nas negociações e estamos perto de finalizar tudo – confirmou Hélio Ferraz.

Embora tenha se licenciado do cargo desde a última segunda-feira, conforme tinha tratado com a presidente Patricia Amorim, Hélio Ferraz continuará à frente das negociações e fez questão de explicar para as mais de 50 pessoas que acompanharam a reunião (entre conselheiros, membros do Conselho Fiscal e Diretor) quais pontos ainda estão sendo discutidos com os executivos da empresa alemã.

Ferraz relatou que o documento está sendo trabalhado cláusula por cláusula e que os principais pontos que ainda precisam ser acordados são os das exigências e obrigações que ambas as partes terão no vínculo de dez anos, além da possibilidade de o contrato ser renegociado após cinco anos de parceria. Como são dez anos de vínculo, o clube e a empresa querem se resguardar sobre a oscilação do mercado de patrocínio.

Os conselheiros que ainda tinham dúvidas sobre qual rumo seguir – continuar com a Olympikus ou firmar com a Adidas – saíram do encontro convencidos que a proposta da multinacional é amplamente favorável ao Flamengo.

Assim que as duas partes estiverem de acordo com as cláusulas contratuais, o documento será redigido e encaminhado para parecer do Conselho Fiscal do Flamengo, assim como para a comissão jurídica e financeira, que terão a tarefa de avaliar e enviar o parecer para o Conselho Deliberativo. A convocação terá de ser emitida com dez dias de antecedência, portanto, a tendência é que a votação só aconteça no fim de outubro ou início de novembro.

AUSÊNCIA DE PATRICIA AMORIM

Apesar de o vice-presidente ter explicado detalhes importantes sobre o vínculo com a Adidas, a presidente Patricia Amorim e o marido Fernando Sihman não compareceram à reunião do Conselho Fiscal. A mandatária não é vista na Gávea desde a última segunda-feira, dia seguinte à eleição municipal na qual ficou de fora da câmara dos vereadores. Além dos erros admitidos na área de recursos humanos, o salário dos jogadores estão atrasados há um mês.

ALFINETADA NO MARKETING

O vice de marketing Henrique Brandão e o diretor de marketing Marcos Duarte também não estiveram presentes e os conselheiros questionaram muito a viagem deles para Londres.

- Com certeza eles devem ter uma negociação de patrocínio por lá – afirmou um conselheiro.

DETALHES DO CONTRATO

Caso o contrato seja aprovado com a Adidas por dez anos, o Flamengo receberá ainda neste ano R$ 13 milhões referentes à multa rescisória com a Olympikus e a finalização das obras do museu. Em 2013, o clube receberá luvas em janeiro de R$ 25 milhões.
Nos cinco primeiros anos, o Rubro-Negro receberá R$ 30 milhões (com inflação corrigidas anualmente). Com o índice de correção da inflação, as cifras podem alcançar R$ 465 milhões em dez anos de vínculo. Além disso, pela primeira vez um clube da América Latina conseguirá ser um dos cinco clubes mais prestigiados da empresa, junto com Real Madrid, Milan, Bayer de Munique e Chelsea.


fonte link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário