Translate

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Zinho planeja Flamengo 2013 com reforços



O ano de 2013 já começou para o Flamengo. Com a permanência garantida na Série A, o diretor de futebol, Zinho, dá início ao planejamento para a próxima temporada, ignorando a eleição presidencial em dezembro.


Na pauta, a reformulação do elenco, com renovações, dispensas e contratações, e a definição do local para a pré-temporada em janeiro, por enquanto mantida para o CT Ninho do Urubu, mesmo com as obras inacabadas.

Em conversa com o Jogo Extra, o diretor, que foi elogiado pela presidente Patricia Amorim – a mandatária garantiu a permanência de Zinho caso seja reeleita -, falou também sobre os seis meses de trabalho no clube recheados de problemas.

Tendo que administrar as conturbadas passagens de Ronaldinho e Adriano, e contornar problemas financeiros, terminar o Brasileiro em ascenção é a meta passada por Zinho ao time no fim de ano, para que o presente de Natal venha mais “gordo” em forma de premiação.

JOGO EXTRA: Agora que o time se garantiu na Série A, já começou o planejamento para a temporada 2013? Ou você vai esperar passar a eleição?

ZINHO: A gente agora, com mais tranquilidade, já começa a planejar o próximo ano. Tanto que já fiz reunião com a comissão, planejando período de treinos na pré-temporada, testes físicos. Agora é avaliar elenco, ver peças para repor, contratos que vão vencer, iniciar renovações…E antes de entrar de férias. O processo eleitoral pode atrapalhar, mas nós profissionais temos que acelerar esse processo para não passar as mesmas dificuldades desse ano. O mercado não tem fartura, se demorar encarece, e fica para trás. Quem ganhar resolve se fica o que a gente planejou ou não, mas não podemos esperar.

JOGO EXTRA: Como será a busca por reforços?

ZINHO: Vamos buscar peças para encaixar. Mas agora nomes mais fortes, de nível de seleção, jogadores que chegam para resolver. Tem que ter cinco jogadores de ponta. Os times que estão ganhando tem um grupo bom, redondo, mas algumas peças que fazem a diferença. Basta ver o Fluminense…

JOGO EXTRA: Montillo e Renato Augusto estão nos planos?

ZINHO: Não quero falar nomes nem posição, para que meus jogadores não se sintam ameaçados.

JOGO EXTRA: Vai renovar com Leo Moura e Renato?

ZINHO: Até entrar de férias todos os jogadores saberão o que vai cacontecer. Esse trabalho será feito agora. A gente não sentou para falar de valores com o Renato, mas já comuniquei o interesse na permanência dele.

JOGO EXTRA: E as apostas, Amaral, Wellington Silva?

ZINHO: São jogadores que tem condições de permanecer, temos contratos feitos e vamos exercer as cláusulas e ficar com os jogadores.

JOGO EXTRA: Acabou que o trabalho que começou questionado vai caminhando para um fim mais tranquilo, né?

ZINHO: Eu e Dorival pegamos problemas que começaram em Londrina. O ano começou errado. O final está sendo mais positivo por tudo que aconteceu, as crises todas no ano, algumas exageradas e outras que aconteceram mesmo. Na minha avaliação, humildemente, a gente termina o ano mais positivo do que começou, com tudo que eu herdei. Podemos terminar na frente do Botafogo até, se bobear. Terminar o campeonato com uma pontuação dessa você vê que o trabalho no final encaixou. Com algumas peças de reposição, pra preencher nas carências, o grupo ficará forte no próximo ano.

JOGO EXTRA: Três vitórias nos três jogos finais é a meta passada aos jogadores?

ZINHO: Quando terminou o jogo contra o Náutico falei para os jogadores para conseguir o máximo de pontos e terminar na melhor posição possível. Chegamos na nona posição, agora a meta são três resultados positivos, terminaria em sétimo, sexto. Para quem o ano todo só falava em zona de rebaixamento, terminar em sexto é muito melhor… Está certo que para qualquer time seria uma posição razoável, mas paro o Flamengo ainda é ruim. Mas por tudo que aconteceu, está havendo uma resposta, de um grupo formado às pressas, dentro do campeonato. Vou bolar uma bonificação para se a gente ganhar os três jogos finais. Se vencer todos ganha um prêmio, senão não tem nada (risos).

JOGO EXTRA: A pré-temporada será no Rio mesmo com as obras atrasadas no CT?

ZINHO: Independente de os quartos estarem prontos ou não, a comissão técnica quer ficar no Rio, sem viajar, evitar o desgaste do deslocamento. Não está definido, mas 80% é para ficar no Rio. Os campos já estão melhores, são cinco campos, tem refeitório. A academia será reformada agora. Temos alguns convites de alguns locais, sem custo, e vamos estudar. Londrina, não. Nem pensar. Quero um local mais reservado para algumas semanas, aqui no Rio recebemos convite de algumas cidades também, mas o CT é muito bom. Se tivesse com os quartos prontos não teria dúvida. Mas mesmo assim os campos estarão perfeitos. A alimentação será boa. Local de dormir, a gente vai para um hotel. Não quero ir para um lugar que fique um oba oba. Que cada treino seja uma festa. Agora, se vier uma proposta que renda muito dinheiro, a diretoria vai estudar. Tem que passar pela presidente, claro.

Fonte: link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário