Translate

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Gabriel e João Paulo são apresentados e se dizem prontos para a pressão




Meia-atacante ex-Bahia está quatro quilos abaixo do peso e deve demorar para estrear; lateral-esquerdo ex-Ponte se coloca à disposição para atuar quando Dorival quiser


Pedro Leanza


Gabriel e João Paulo já vestem a camisa do Flamengo (Foto: Ruano Carneiro)

Após o Flamengo ter apresentado Elias no último sábado, foi a vez de Gabriel e João Paulo vestirem a camisa rubro-negra pela primeira vez. Os dois reforços do clube da Gávea realizaram um treinamento físico no campo 5 do Ninho do Urubu, nesta terça-feira, e logo depois se dirigiram à sala de imprensa do CT, onde foram apresentados.

Sem números definidos em suas camisas, os contratados demonstraram tranquilidade e personalidade na primeira entrevista coletiva como jogador do Flamengo. Primeiro a falar, Gabriel, ex-Bahia, garantiu estar preparado para a pressão que sofrerá por jogar no clube de maior torcida do Brasil.

- O Flamengo é considerado o clube mais querido do Brasil e estou preparado para suportar esta pressão. Minha vida já mudou completamente, sei da responsabilidade que tenho ao vestir essa camisa - comentou o jovem, que aproveitou para explicitar que deve demorar um pouco para estrear, já que está quatro quilos abaixo do seu peso ideal:

- Fiz uma cirurgia no nariz e não dei início à pré-temporada no Bahia. Por isso, infelizmente, perdi quatro quilos, o que deve atrasar um pouco a minha estreia.

Diferentemente do jovem baiano, João Paulo, nascido no Rio de Janeiro e que garante ser torcedor do Flamengo desde pequeno, não deve demorar para estar à disposição de Dorival Júnior. O lateral-esquerdo, que vinha treinando normalmente no Mogi Mirim (SP), disse que só depende da comissão técnica para poder estrear.

- Eu vinha treinando normalmente. Só dependo de o Dorival querer me colocar em campo. Mas antes de me preocupar em disputar posição com o Ramon, preciso me adaptar ao grupo, aos demais jogadores do elenco - salientou João Paulo.

O lateral-esquerdo, que marcou um gol no empate em 2 a 2 com o Flamengo, no Brasileirão de 2012, quando atuava pela Ponte Preta, fez questão de enaltecer a grandeza do clube da Gávea, independentemente dos jogadores que estão no time, que recentemente sofreu a perda de Vagner Love.

- Não importa quais jogadores estão no elenco. O Flamengo já brilha por si só e é maior do que qualquer jogador - ressaltou o atleta, que aproveitou para dizer quais são as suas principais características e qualidades:

- Sou um jogador bastante ofensivo, gosto muito de atacar, tenho muita garra e vontade. Sou um guerreiro, todos podem ter certeza disso.

Após a apresentação dos novos reforços, o elenco rubro-negro almoçará no próprio CT, onde também realizará o treinamento desta tarde.


Fonte link


 siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário