Translate

quarta-feira, 13 de março de 2013

Depois de exterminar a ginástica olímpica e a natação, a direção do Flamengo se volta para o futebol. Exige a recuperação imediata no Carioca. Se não acontecer, Dorival Júnior deixa o clube.




Depois de exterminar a ginástica olímpica e a natação, a direção do Flamengo se volta para o futebol. Exige a recuperação imediata no Carioca. Se não acontecer, Dorival Júnior deixa o clube. Mano Menezes é o principal candidato ao cargo…



Longe da Libertadores da América.

Quase há dois anos sem títulos.

O comando do futebol do Flamengo está em xeque.

Não o de Paulo Pelaipe.

Mas o de Dorival Júnior.

O treinador sabe que está mais do que ameaçado.

Vencer o Carioca virou obrigação se deseja continuar na Gávea.

Agora a multa de R$ 2 milhões não parece tão alta.

Não para o presidente Bandeira de Mello.

Até porque ele tem fé que a Caixa Econômica Federal derrube o veto do patrocínio ao Corinthians.

Esse confusão jurídica afastou o banco estatal do Flamengo.

Os dirigentes preferem acreditar que foi um adiamento.

Mesma postura de Palmeiras e Santos, que também negociavam.

Mas a prioridade agora na Gávea é outra.

Depois que Bandeira de Mello despachou sem dó a ginástica olímpica.

Com os irmãos Hipólitos e tudo.

E também acabou com o time de natação.

Sem ter a mínima preocupação com César Cielo.

Comemora não só os R$ 800 mil de economia.

Como também agora só focar o futebol.

E quer resultados imediatos.

Não se conformou com a conquista da Taça Guanabara com o Botafogo.

Mesmo com Seedorf, o time é muito mais barato do que o que mantém na Gávea.

E quer resultados de Dorival.

Bandeira de Mello tem sido paciente.

Desde o final do ano passado ele tem recebido a ajuda de Carlos Leite.

O volante Elias, ex-Seleção e Corinthians, é dele.

Assim como Gabriel, meia revelação do Bahia.

Ambos foram entregues ao clube pelo empresário.

Leite não exigiu nada.

Até porque ele também é empresário de Dorival Júnior.

Mas todos na diretoria sabem.

Que Carlos Leite, Paulo Pelaipe e Mano Menezes fizeram uma trinca de sucesso no Grêmio.

Leite e Mano foram juntos ao Corinthians.

Estiveram ligados quando Mano treinava a Seleção.

Foi sugestão do empresário que o técnico passasse um período longe do futebol.

Até porque recebeu muito dinheiro da sua demissão da CBF.

Mano embolsou R$ 4,3 milhões.

Dinheiro suficiente para um longo período sabático.

Ele já viajou para a Europa, circulou pelo Brasil.

Ficou muito chocado com sua dispensa da Seleção.

Era o seu maior projeto de vida ser o técnico na Copa do Mundo.

Mano apostava em assumir um clube europeu após 2014.

Mas seus resultados foram pífios.

E as 106 convocações não ajudaram a consolidar sua imagem.

Muito pelo contrário.

Passou recibo como inseguro, sem rumo.

Assim, o mercado do Exterior se mostra trancado para ele.

A saída é recomeçar.


Assumir um grande clube brasileiro.

De preferência popular como era o Corinthians.

Só que seu lugar está muito bem ocupado por Tite.

No mercado nacional há possibilidades.

Palmeiras, São Paulo, Grêmio...

Mas a menina dos olhos de Carlos Leite é o Flamengo.

Clube onde teria duas das pessoas que mais confia no futebol.

Pelaipe e Carlos Leite.

Só que há Dorival Júnior.

O Flamengo fez um excelente primeiro turno.

Chegou favorito e com vantagem para a semifinal.

Caiu de maneira inesperada, afobada diante do Botafogo.

Dorival Júnior sente que tem apenas a Taça Rio para se recuperar.

Para exorcizar o fantasma pálido de Mano Menezes.

A pressão é enorme.

Até os jogadores perceberam que ele já não está tão seguro no cargo.

É o que mais se comenta na Gávea.

A partida de hoje contra o Resende é o primeiro passo.

Para sua recuperação ou demissão.

E, corajoso, contraria a diretoria.

Deixa no banco Carlos Eduardo, reforço que chegou para a camisa 10 do time.

Com o exagerado prestígio de quem iria ganhar um lugar na Seleção.

Toda a alegria do clube por ter vencido o leilão com o Santos se desmanchou.

O jogador chegou muito mal do Rubin Kazan.

Mesmo assim há na diretoria que ele precisaria de ritmo de jogo.

Mas seu lugar será o banco de reservas.

Rodolfo ocupará seu lugar.

Ele e Alex Silva na zaga são as duas maiores apostas de Dorival.

Maiores ou últimas...

A pressão está forte e clara, sem disfarce.

Ou o Flamengo vence a Taça Rio e chega ao menos na final do Carioca ou não terá jeito.

As férias bem recompensadas de Mano Menezes podem acabar.

E o treinador poderá continuar a morar no Rio, cidade que aprendeu a gostar.

Graças à sua rápida e tumultuada passagem pela Seleção Brasileira...





Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário