Translate

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Júnior critica amadorismo do departamento de futebol do Flamengo


Ex-jogador e ídolo da torcida rubro-negra acredita que o clube tem que profissionalizar e não interferir no trabalho do departamento




Conhecedor como poucos do ambiente do Flamengo, o ex-jogador e comentarista Júnior, ídolo da torcida rubro-negra, acredita que o clube tem que profissionalizar seu departamento de futebol para cessar com as confusões.

- Tem que mudar a mentalidade de quem comanda. Não pode ter um departamento de futebol comandado por amadores, por voluntários. Você precisa ter profissionais, com a diretoria cobrando destes e não interferir - destacou Júnior no "Arena SporTV" desta quarta-feira.



Júnior, que já trabalhou no departamento de futebol do Flamengo, acredita que situações como a que o Zinho passou na última terça-feira não podem ocorrer. Na ocasião, o atual diretor de futebol do clube se surpreendeu com a informação de um suposto encontro entre Michel Levy, vice de finanças, com Riquelme na Argentina.

Indignado, Júnior diz que esta não é a primeira vez que algo do tipo acontece no Flamengo, e acredita que esta situação acontece como uma forma de agressão.

- Ontem apareceu uma história de que o Michel Levy teria tido um encontro com Riquelme e isto criou uma situação constrangedora com o Zinho. Mas, isso é normal no Flamengo. É uma forma de agredir que está na sua frente (...) O vice-presidente de finanças não tem a mesma autoridade que um tetracampeão mundial como o Zinho. Precisaria mudar uma série de coisas lá dentro - complementou.

fonte sportv.globo.com
Postar um comentário