Translate

quarta-feira, 18 de julho de 2012

URGENTE! Flamengo perto de fechar com Riquelme

Flamengo está de plantão à espera da resposta de Riquelme



Entre disse-me-disse, tentativas frustradas com o meia Diego e o zagueiro Juan, jogo de empurra e crise na diretoria, o Flamengo dá a última cartada — e com pressa — para ter um camisa 10. Na negociação, capitaneada pelo diretor de futebol Zinho, o Rubro-negro acelerou o passo para contratar Riquelme até esta sexta-feira, data do fechamento da janela de transferências internacionais.


Nesta quarta, o advogado do departamento de futebol, André Galdeano, esteve na sala da presidência na Gávea com toda a papelada, ajustando um contrato com salário de R$ 500 mil para o argentino, e está de prontidão para ir a Argentina fechar o negócio.


— Não falo sobre isso, estou indo para o jogo ... — afirmou Zinho, despistando.
O diretor de futebol trata do assunto reservadamente. Ele esteve com a presidente Patricia Amorim na concentração antes do jogo contra o Corinthians. Lá, ambos almoçaram e firmaram um pacto para evitar as especulações.


Representante de Riquelme no Brasil, o agente Fabiano Farah voou a ser contactado na surdina por Zinho e costura o acordo junto ao empresário Danil Bolotnicof, que cuida da carreira de Riquelme na Argentina.
O vice de futebol do Flamengo, Paulo Cesar Coutinho, mostrou que está seguindo bem a orientação de Zinho e não comentou sobre o nome de Riquelme. O dirigente disse apenas que a diretoria está se esforçando para tentar encontrar uma solução para a camisa 10 até o fim desta semana.


— A gente está tentando até o final da janela internacional. Isso tudo de Riquelme é fumaça — desconversou.
Como onde há fumaça, há fogo, a esperança também é a última que morre e a notícia promeveu uma grande movimentação na Gávea.


Calado em seu país, o jogador foi especulado no Rosário Central e ainda desperta interesse do Cruzeiro no Brasil. Sua conduta de abandonar o Boca Juniors revoltou o ídolo maior do clube, Diego Maradona, que em entrevista a uma rádio ontem soltou os bichos:


— Não pode se sentir vazio após perder uma final de Libertadores e depois trair 75% do país — disse Maradona.

fonte extra globo
Postar um comentário