Translate

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Conselho Deliberativo aprova contrato do Flamengo com a Peugeot



Por Pedro Henrique Torre, no Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br


Pedro Henrique Torre/ESPN.com.br



Foto Modelos recepcionam convidados no lançamento do novo uniforme do Flamengo
Alexandre Vidal/Fla Imagem/Divulgação

Até abril a marca da Peugeot ficará estampada na frente da camisa. Depois, passa para a parte de trás do uniformeEm votação na noite desta terça-feira na sede da Gávea, o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou por unanimidade o contrato com a Peugeot por três anos. O acordo foi anunciado em entrevista coletiva, na segunda-feira, mas ainda necessitava da aprovação dos conselheiros. A partir de agora, o clube já pode estampar a marca da empresa em sua camisa até mesmo na partida contra o Madureira, nesta quarta-feira, em Conselheiro Galvão. Pelo acordo, o Flamengo tem direito aos seguintes valores fixos por ano: R$ 8,4 milhões em 2013, R$ 9 milhões em 2014 e R$ 10 milhões em 2015. Com as variáveis previstas no acordo, o clube pode ganhar mais com bônus se conquistar títulos. Se vencer o Carioca, o Fla leva 3% a mais em relação ao valor fixo do ano, ou 7% pela Copa do Brasil, 13% por Brasileiro ou Libertadores e 20 % pelo Mundial.


A marca ficará estampada na frente da camisa até abril. A partir daí, a Peugeot passa a figurar nas costas do uniforme. O clube ainda busca mais duas marcas para chegar ao limite de estabelecido no contrato com a Adidas. Unicef, de contrato já encerrado, e BMG, com vínculo que chega ao fim em fevereiro, deixarão o uniforme. A TIM tem acordo até o fim deste ano e que foi assinado anteriormente ao acerto da parceria com a Adidas. Por isso, por enquanto permanece, mas a diretoria deseja uma rodada de conversas para discussão sobre o contrato.

Na antiga gestão, o Flamengo encontrou dificuldades para acertar novos patrocínios. Após um acordo com a Procter & Gamble no final até o fim de 2011, o clube estagnou na área e passou toda a temporada de 2012 sem um patrocinador master. O racha interno entre um grupo que preferia a venda de diversas propriedades no uniforme e outro que gostaria apenas de uma camisa mais limpa foi um dos fatores que prejudicaram a situação.



Fonte link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário