Translate

sábado, 28 de julho de 2012

À espera de reforços, Dorival Júnior elogia Mattheus: ‘Quilate maravilhoso’


Técnico, no entanto, vai deixar o meia no banco de reservas contra o São Paulo, neste domingo, no Morumbi. Camacho é confirmado como titular



A busca do Flamegno por um camisa 10 continua. Agora, restrita ao mercado nacional. Recém-chegado, o técnicoDorival Júnior já conversou com o diretor de futebol Zinho sobre reforços, que poderão ser garimpados até nas Séries B e C. Enquanto isso, o novo treinador busca alternativas. Para o jogo contra o São Paulo,Camacho vai ganhar uma chance. Dorival gostou do que viu do meia nos dois treinos que comandou até aqui. Mattheus, titular contra a Portuguesa por escolha do auxiliar Jaime de Almeida, voltará ao banco. Preterido, mas não esquecido. Pelo contrário. O treinador tem planos para o garoto de 18 anos e enxerga nele uma possível solução para a carência de criatividade no meio-campo rubro-negro.

- É difícil achar esse jogador, mas o Mattheus tem um quilate maravilhoso. Fatalmente vai encontrar uma sequência de jogos e pode vir a ser um jogador para exercer a função. Mas até que você tenha a possibilidade de reposição, não podemos jogar a responsabilidade nas costas desses garotos. Estão num momento de adaptação. O pouco que nós vimos da equipe do Flamengo nos faz acreditar que teremos coisas boas num futuro bem próximo. É uma equipe determinada, que está passando por um momento de transição, vai oscilar um pouco, mas vamos trabalhar para diminuir esse período de adaptação - disse Dorival.

Para o jogo contra o São Paulo, neste domingo, a única mudança em relação ao jogo passado será a saída de Mattheus. Dorival quer ver menos espaços entre os setores da equipe e disse que o meia e Ibson, apesar das características diferentes, ocupam a mesma faixa de campo.

- Identifiquei a falta de compactação da equipe. A nossa marcação está muito distante, nossa transição fica comprometida em razão de algumas características. Quando alguns jogadores começarem a jogar dentro de uma normalidade, teremos um acréscimo grande na equipe. Teremos que trabalhar muito nesse sentido para recuperar esse grupo. É questão de tempo, trabalho, e tem que partir muito mais deles.
Dorival optou por Camacho como titular neste domingo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)



O treinador não dá detalhes sobre as primeiras conversas com Zinho a respeito dos reforços e volta a dizer que espera receber novos jogadores.

- Já conversamos, estamos trabalhando intensamente. Alguma coisa vai acontecer com certeza. A diretoria tem trabalhado com muito afinco. Estamos em busca de nomes, elementos. Não vou citar posições, pois fatalmente eu estaria compromentendo quem aqui já está. Tenho que valorizar esse grupo, tentar tirar o máximo deles. Caso venha a acontecer, será importante. Temos a obrigação de trabalhar, independentemente do que venha a acontecer. Confio sempre no trabalho. Na maioria dos clubes atingimos os objetivos. Eu vejo com bons olhos a equipe do Flamengo. Nós não temos a percepção de um tempo, se alguns meses, algumas rodadas, se vai demorar. Mas isso nos motiva. É um elenco que tem qualidades, condições. Teremos que estar atentos. Reforços que venham vão nos fortalecer.

O Flamengo é o décimo na tabela, com 16 pontos. A partida contra o São Paulo será às 16h (de Brasília), no Morumbi, válida pela 13ª rodada do Brasileirão.

fonte globo.com
Postar um comentário