Translate

sábado, 21 de julho de 2012

À procura do parceiro ideal de Love, Joel minimiza jejum do atacante


Artilheiro do Amor não marca há cinco partidas, o maior jejum dele com a camisa do Fla: 'Estamos tentando achar uma pessoa para casar com ele'



Vagner Love foi direto na entrevista após a derrota para o Corinthians, quarta-feira passada, e reclamou da forma como o Flamengo tem jogado. Além da derrota por 3 a 0, no Engenhão, o Artilheiro do Amor completou contra o equipe paulista a quinta partida sem fazer gol, o maior jejum dele com a camisa rubro-negra.

- A bola não chega, aí fica complicado - disse, em entrevista à “Rádio Tupi”, na saída de campo.

Aquele jogo deixou o problema do time ainda mais evidente. Com um meio-campo nada criativo, Love, artilheiro do time em 2012 com 15 gols, saía o tempo inteiro da área para buscar jogo. O camisa 99 queixou-se pela falta de oportunidades. Em 90 minutos, não conseguiu finalizar uma vez sequer. Das sete finalizações da equipe, nenhuma foi dele. Foi a primeira vez que isso ocorreu com o jogador nesta edição do campeonato.

O técnico Joel Santana minimiza o jejum do seu principal jogador e trata a fase do camisa 99 com naturalidade.

- Já vi vários jogadores ficarem bastante tempo sem marcar. Teve um que trabalhou comigo, jogador de Seleção Brasileira, que ficou oito ou dez jogos sem marcar. Aí, por intuito, depois de um treino, fizemos aquele complemento de finalização. No outro jogo, ele fez três gols. Antes do outro jogo, quando acabou o treino, ele chegou para mim e chamou para fazer aquele mesmo complemento (risos). Foi isso que deu certo. E de repente deu mesmo. Você só acerta com repetições. De repente vou fazer o complemento com o Love e tomara que ele volte a fazer gols.

No último coletivo antes da partida contra o Cruzeiro, Joel testou duas opções de ataque. Love começou o treino ao lado de Adryan. Depois, Hernane, titular contra Bahia e Corinthians, entrou no lugar do garoto de 17 anos. A busca pelo ataque perfeito persiste.

- Nosso problema é muito mais atrás do que na frente. Está certo que no último jogo construímos muito pouco (foram sete finalizações). Nós já tentamos várias situaçãos para achar uma pessoa para casar com o Love. Estamos tentando. Será que o Adryan vai ser esse jogador? Tomara. Vamos ver. Todos os grandes artilheiros tiveram uma dupla, se conheciam há muito tempo só de olhar. É o que estamos buscando - disse Joel.

Cruzeiro e Flamengo jogam neste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 11ª rodada do Brasileirão.

fonte globo.com
Postar um comentário