Translate

sábado, 28 de julho de 2012

Em meio a drama familiar, Camacho ganha chance com novo técnico


Irmão do meia foi baleado na coluna no início do mês e corre risco de ficar paraplégico. Meia será escalado por Dorival Júnior contra o São Paulo


A chance de ser titular contra o São Paulo é um alento para Camacho. Fora de campo, o meia do Flamengo vive um drama familiar. Na madrugada do dia 7 de julho, o irmão dele, Leonardo de Aguiar Camacho, de 27 anos, foi baleado na altura da cintura no centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O autor do disparo foi o policial militar Eduardo Thales Lopes Pires. Leonardo foi atingido na coluna, passou por uma neurocirurgia para fixação da lesão e retirada do projétil e corre risco de ficar paraplégico. Na época, o jogador havia sido relacionado para o Fla-Flu do centenário, que seria realizado no dia seguinte, mas foi liberado para ficar ao lado do irmão.
Camacho ganha chance com Dorival Júnior (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

Camacho, que tem 22 anos, fez apenas dez jogos pelo Flamengo na temporada. Foi titular em três oportunidades. A última delas em março, na vitória por 2 a 1 sobre o Duque de Caxias. Além da opção do técnico Joel Santana, as lesões impediram que ele tivesse uma sequência. Também em março, o jogador torceu o tornozelo direito e demorou a se recuperar. Depois, em maio, sofreu uma fratura na mão esquerda durante um treino e ficou fora do início do Brasileirão. A primeira e única partida disputada por ele no campeonato até aqui foi contra o Cruzeiro, na derrota por 1 a 0, domingo passado. O jogador entrou na parte final do segundo tempo.

Cria da base rubro-negra, o meia é uma promessa que ainda não conseguiu se consolidar. Foi promovido ao time profissional em 2009 e participou de dez partidas. No ano seguinte, as chances diminuíram. Camacho jogou apenas oito vezes e acabou emprestado ao Goiás em setembro. O Esmeraldino foi rebaixado para a Séria B e vice campeão da Copa Sul-Americana. Em 2011, foi emprestado ao Bahia e teve desempenho regular. Na volta ao Flamengo nesta temporada, reencontrou Joel Santana, com quem trabalhou em Salvador. O treinador chegou a elogiar o armador, mas quase não o escalou.

Após dois treinos, o técnico Dorival Júnior gostou do que viu do jogador e decidiu dar a ele uma chance como titular. Mattheus deixa o time. A escalação para a partida contra o São Paulo terá Paulo Victor, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Airton, Luiz Antonio, Ibson e Camacho; Adryan e Vagner Love.

O Flamengo é décimo colocado e tem 16 pontos. As equipes se enfrentam às 16h (de Brasília), no Morumbi.




fonte globo.com
Postar um comentário