Translate

terça-feira, 24 de julho de 2012

Queda de Joel no Fla tem briga com elenco, deboche e coincidência com título de 2009







Consumada no início da tarde da última segunda-feira, a demissão de Joel Santana teve curiosidades dentro e, principalmente, fora de campo. Longe dos gramados, além da briga com parte do elenco e de alguns deboches no vestiário, a saída do técnico reservou um capítulo bem peculiar, com a coincidência de datas da temporada de 2009, quando o rubro-negro conquistou seu último título brasileiro.

O UOL Esporte separou uma lista de curiosidades e informações de bastidores da quinta passagem do técnico Joel Santana no comando do Flamengo e de sua demissão do cargo, que já se anunciava desde as últimas semanas.



COINCIDÊNCIA COM DATA DE DEMISSÂO DE TREINADOR DE 2009
Naquele ano, no mesmo dia 23 de julho, Cuca havia sido demitido do comando do time da Gávea e o time iniciou uma reação que culminou com a conquista da competição. Não bastasse isso, o então líder do Brasileiro - na 13ª rodada - também era o Atlético-MG, atual primeiro colocado da tabela de classificação. Mesmo que o fato não tenha sido planejado pelos dirigentes, os rubro-negros apostam nessa coincidência para sonharem com uma recuperação em campo.


AMBIENTE TUMULTUADO COM ALGUNS JOGADORES
Apesar de ser conhecido pelo seu jeito brincalhão, Joel Santana não teve espaço para muitos sorrisos em sua quinta passagem pelo Flamengo. Com o prestígio abalado dentro do elenco, o treinador teve que enfrentar problemas de relacionamento e um ambiente tumultuado com alguns jogadores, como Vagner Love (foto) e Felipe. O atacante reclamava do esquema tático do comandante, enquanto o goleiro não aceitava a condição de reserva imposta a ele.


DEBOCHES NO VESTIÁRIO
A crise de relacionamento com alguns jogadores chegou ao vestiário. Com um sério problema de quadril, que limitava suas ações físicas, Joel Santana precisava da ajuda do auxiliar Maurício Albuquerque em inúmeras situações, como amarrar o tênis e enxugar as costas. O fato rendeu piadinha entre os jogadores e azedou ainda mais a relação entres as partes nos últimos meses do técnico no rubro-negro.


CHANCE AOS JOVENS DA BASE PARA EVITAR NOVO PROBLEMA
Grandes apostas do time do Flamengo no atual momento, os jovens formados na base nem sempre foram bem vistos por Joel Santana. O treinador não tinha o costume de dar chances a Thomás, Adryan e Mattheus (foto) e teve que "recuar" para evitar novos desgastes com a diretoria. Em maio, o treinador chegou a devolver algumas promessas às categorias de base. A expectativa da diretoria é que um novo treinador use ainda mais os jovens e não tenha esse tipo de problema.


"DURO NA QUEDA" PARA RECEBER R$ 2 MILHÕES
Ameaçado no cargo desde o mês de abril, Joel Santana passou por um verdadeiro processo de fritura. No entanto, mesmo sem clima no clube e com todas as evidências de sua saída, ele foi "duro na queda" e nem sequer cogitou pedir demissão. O treinador não queria abrir mão da multa rescisória de R$ 2 milhões em caso de "quebra" unilateral de contrato. Joel manteve a postura e irá receber o montante milionário após a oficialização da saída nesta segunda.


fonte uol.com





Postar um comentário