Translate

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Renato comenta provocação de Mancini: ‘Acabei sendo infantil’










Volante afirma que o jogador do Bahia tentou tirar sua faixa de capitão antes da cobrança do pênalti que deu a vitória ao Fla neste domingo

Placar empatado em 1 a 1 aos 26 do segundo tempo, e Renato se prepara para a cobrança do pênalti. Ao apito do árbitro, sente um puxão na camisa. Vira, se depara com Mancini, reclama. Depois, vai à bola e marca o gol que dá a vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Bahia. Ao fim do jogo, porém, o camisa 11 reconhece que também errou no episódio.

- Na hora de bater o pênalti, o Mancini quis me desconcentrar e tirou a minha faixa (de capitão). Logo depois fiz o gol e acabei sendo infantil entrando na provocação dele. Acabei jogando a faixa para ele. Uma coisa de jogo, mas quem me desrespeitou primeiro foi ele. Não tem mágoa, uma coisa de provocação da parte dele e da minha também – disse o jogador.

Renato comemorou o triunfo rubro-negro citando a derrota para o Fluminense no último domingo, no Fla-Flu do centenário, e exaltou a participação de todos os jogadores do time.

- Essa vitória representa muita coisa, a superação do que aconteceu no último jogo. Perdemos para o Fluminense mas mostramos uma força muito grande, jogamos bem. Hoje mostramos superação mais uma vez, o trabalho que vem sendo feito pelo Joel. Eu disse que tem que dar tempo ao tempo. A gente vem crescendo a cada jogo. Mesmo com um jogador a menos, conseguimos jogar. Acho que jogamos até melhor sem os 11. Os mais jovens estão de parabéns, porque souberam administrar o jogo e ajudar. Os mais velhos, com experiência, puderam ajuda. Espero que essa vitória possa representar muito – concluiu.

Com a vitória, o Flamengo soma 15 pontos e está em nono lugar. O time volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h50m, contra o Corinthians, pela décima rodada do Brasileirão.

Fonte: Globo Esporte.com
Postar um comentário