Translate

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Jorge Rodrigues herda projetos de Maurício e acredita em novas uniões antes da eleição no Flamengo


Em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, candidato à presidência rubro-negra pela Chapa Rosa falou sobre a união e ressaltou detalhes do que fará caso vença no dia 3 de dezembro

David Nascimento - 22/11/2012 - 20:54 Rio de Janeiro (RJ)

Jorge Rodrigues confirmou a união em entrevista exclusiva em sua casa (Frame: Reprodução/LANCE! TV)

A eleição presidencial do Flamengo passou a ter cinco candidatos. Conforme o LANCE!Netantecipou na última quarta-feira, o então candidato pela Chapa Laranja, Maurício Rodrigues, resolveu retirar a candidatura para apoiar o candidato da Chapa Rosa, Jorge Rodrigues. Três integrantes da Laranja farão parte da nova composição Rosa: Maurício assumirá a vice-presidência de marketing, Francisco Goularte será o vice de planejamento e Yuri Sahioni ficará com o cargo de vice jurídico.

– Essa união mexe com o processo eleitoral. O Maurício, além de ser uma pessoa que tem uma característica voltada ao marketing, é filho de um grande ex-presidente, o Hélio Maurício. Trabalhou muito na CBF e aprendeu, tem bastante experiência. E isso só vai somar e dar à nossa chapa o que estávamos precisando na parte mais importante do clube, que é o marketing – afirmou Jorge Rodrigues, em entrevista ao L!Net.

Na quarta-feira, Jorge se reuniu com Maurício por mais de cinco horas e deixou bem encaminhada a união que foi confirmada no dia seguinte. Jorge acumula a partir de agora os projetos de destaque da campanha de Maurício, como a construção de uma Arena Multiuso na Gávea e o estádio para 50 mil pessoas em Duque de Caxias.

– Temos algo em comum, que é a ideia de fazer uma Arena Multiuso na Gávea e um estádio na Baixada, modernizar o clube. Trazer de volta para a condição de primeiro, inovando. Há algum tempo estávamos com uma sincronia, quarta-feira conversamos e fiz a ele a oferta da vice presidência de marketing. Ele acabou aceitando – enfatizou.

Jorge também disse que, caso vença a eleição, utilizará integrantes de todas as chapas adversárias.

– O melhor de cada chapa irá nos fortificar na gestão. Inclusive da chapa da Patricia Amorim. Tem gente boa lá, apesar de ter faltado competência durante a administração. Ela não foi perfeita, errou num todo, mas nesse todo tem pessoas a serem aproveitadas – disse.

NOVAS UNIÕES EM PAUTA

A eleição presidencial do Flamengo não deve acontecer com os atuais cinco candidatos. As quatro chapas existentes de oposição continuam trabalhando para que novas composições sejam feitas e, nos próximos dias, as alianças devem ser concretizadas.

– Estamos trabalhando para novas uniões. Quanto maior for a união, maior será o Flamengo. Com o Flamengo unido, já que a nossa Chapa é Fla Único, queremos todos unidos – disse o candidato Jorge Rodrigues ao L!Net.

Está previsto para acontecer nesta sexta-feira um almoço entre as chapas da oposição para que novas composições sejam feitas antes do dia da eleição. Após as últimas pesquisas de intenção de voto divulgadas, integrantes das chapas estão cientes de que as chances para que Patricia Amorim não seja reeleita diminuirão apenas caso o número de candidatos diminua.

Os únicos candidatos que não devem fazer composição de chapas são Ronaldo Gomlevsky e a atual presidente Patricia Amorim.



fonte link


siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário