Translate

terça-feira, 24 de julho de 2012

Zinho admite conversa com Dorival e revela proposta do Sporting-POR por Negueba



Assim como tem acontecido nos últimos dias, o diretor executivo de futebol do Flamengo, Zinho, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira para esclarecer as notícias que têm sido veiculadas na imprensa sobre o futuro do time. O cartola admitiu a conversa com o técnico Dorival Júnior, que chega ao Rio de Janeiro na quarta para acertar com o rubro-negro, e revelou uma proposta do Sporting, de Portugal, para ter o jovem atacante Negueba por empréstimo.





"Estou procurando conversar sempre com vocês [imprensa] e passar a verdade dos fatos para o meu torcedor. Conversei com o Dorival ontem [segunda], falei que tinha interesse nele e ele ficou de me procurar depois. Eu quero ele aqui, mas ainda vamos ver. Sei que ele está chegando ao Rio nesta quarta, mas ainda vou marcar uma reunião de maneira oficial", explicou Zinho, antes de comentar a situação de Negueba, que também envolve a chegada de Dorival.

"Estamos negociando também o futuro de alguns jogadores. Recebi uma proposta de empréstimo do Sporting pelo Negueba. É uma situação até boa, mas preciso aguardar a chegada do novo técnico para definir. Se o treinador não quiser usar, iremos emprestar. Do contrário, ele segue no grupo", disse o dirigente.

Apesar de revelar as duas negociações, Zinho não quis entrar em detalhes sobre os valores que envolvem as duas conversas. Ele apenas reforçou que a quantia estará dentro da realidade financeira do clube.

"Não me falar sobre dinheiro. Isso é um assunto que resolvemos internamente. Tanto no caso da busca por um técnico quanto na saída de jogadores. A única coisa que garanto é que não deixaremos o clube prejudicado em nenhuma das situações. Li até que iríamos pagar R$ 800 mil ao treinador. Isso não procede. Os valores aqui são bem abaixo disso", despistou Zinho.

Mesmo sem falar abertamente sobre a data das conversas, a expectativa de Zinho é que o desfecho de ambas as negociações ocorram nesta quarta-feira. O dirigente tem pressa e entende que o início de um novo trabalho precisa ocorrer o quanto antes.

fonte uol.com
Postar um comentário