Translate

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Flamengo mostra evolução na primeira vitória sob comando de Dorival Junior

siga-nos pelo twitter @urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo


LANCENET! aponta principais evoluções do Rubro-Negro que deixaram o treinador satisfeito na partida contra o Figueirense
Ataque do Flamengo com Negueba e Thomás funcionou contra o Figueirense (Foto: Cristiano Andujar)


LANCEPRESS!
Publicada em 10/08/2012 às 07:03
Rio de Janeiro (RJ)

A vitória do Flamengo sobre o Figueirense transcendeu, em nível técnico e tático, a observação modesta de Dorival Júnior. Por trás da análise contida do treinador, a exibição em Florianópolis mostrou evoluções em todos os setores. O LANCENET! desmembrou o 4-3-3 e aponta quais melhorias existiram.


E a primeira delas está relacionada diretamente ao sistema defensivo. Com 21 gols sofridos em apenas 14 partidas, a zaga rubro-negra passou ilesa pela terceira vez no Campeonato Brasileiro.




Mesmo tendo Cáceres improvisado no setor após a lesão de Thiago Medeiros, o time suportou bem a pressão do Figueirense no retorno de Felipe como titular da meta.


O meio de campo, por sua vez, mostrou maior compactação, algo que foi detectado por Dorival Júnior na chegada dele como um dos principais defeitos da equipe.


Com um volante à frente da zaga, os outros dois, Luiz Antonio e Renato, alternaram-se entre as funções de marcadores, fazendo a cobertura dos laterais, e armadores, auxiliando na criação das jogadas.


Conciso e com uma recomposição rápida, o time abusou das jogadas rápidas à frente, apostando na movimentação do trio formado por Thomás, Negueba e Vagner Love.


Os dois jovens variaram o posicionamento pelos lados do campo e Love também procurou sair da área quando foi preciso. Dinâmica que funcionou, como um todo, em função de os jogadores rubro-negros terem atendido a alguns pedidos especiais de Dorival Júnior.


– É importante que todos os jogadores estejam voltados para as correções. Mas foi possível notar melhora em relação aos últimos jogos. A equipe teve mais combate, trocou passes, valorizou a posse de bola.


Ciente de uma evolução mais contundente que está por vir, Dorival Júnior prega a cautela.


– Peço paciência aos torcedores. O time ainda vai oscilar muito.

fonte lancenet
Postar um comentário