Translate

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Membros da oposição do Flamengo cogitam união de chapas para eleição

Candidatos à presidência foram ao evento de lançamento da candidatura de Jorge Rodrigues na noite desta terça-feira, em clube da Zona Sul do Rio de Janeiro

David Nascimento - 17/10/2012 - 00:22
Rio de Janeiro (RJ)

Jorge Rodrigues lançou candidatura à presidência do Fla (Foto: David Nascimento)

Após a retirada de candidatura de Marcos Braz à presidência do Flamengo, membros da oposição da atual presidente Patricia Amorim cogita a possibilidade de unir as chapas para a eleição que acontece no fim do ano. O agora ex-candidato explicou a atitude e disse que ainda não decidiu qual chapa irá apoiar.

- Tirei a minha candidatura para não fragmentar mais ainda a eleição. Eram sete candidatos, tem de acontecer uma união da oposição. Acredito que com a minha saída, Patricia Amorim seja a mais prejudicada. Por enquanto, ainda não decidi qual chapa irei apoiar, semana que vem devo ter um nome - afirmou Marcos Braz.

Marcos Braz esteve na noite desta terça-feira no evento de lançamento da candidatura de Jorge Rodrigues à presidência do Flamengo, ao lado dos candidatos Lysias Itapicurú, Maurício Rodrigues de Souza Neto e de Márcio Braga, que apoia Wallim Vasconcellos nas eleições. Personagem da festa, Jorge Rodrigues afirmou que a única oposição é a atual presidente Patricia Amorim.

- Eu sou um nome de consenso no Flamengo. Eles são meus amigos e vieram me prestigiar. A única oposição que temos é a Patricia Amorim. Sou candidato dos candidatos - ressaltou Jorge Rodrigues.

Ex-presidente Márcio Braga ao lado do candidato Jorge Rodrigues (Foto: David Nascimento)

Já o ex-dirigente Márcio Braga contou que a ida dele ao local foi justamente para fortalecer uma possível união de chapas entre Jorge Rodrigues, Wallim Vasconcellos e Ronaldo Gomlevsky.

– É uma chapa muito boa (do Jorge Rodrigues). Ele é uma pessoa séria e amiga. Queremos estabelecer um pacto entre todos para o Flamengo sair dessa situação. Wallim, Jorge e Ronaldo devem se unir. Já passei por oito vezes nesta situação e sei como realmente é. Não podemos deixar a Patricia continuar, ela é uma incompetente – enfatizou Márcio Braga.

Lysias Itapicurú foi ao lançamento da chapa de Jorge Rodrigues (Foto: David Nascimento)




Enfático, o candidato Lysias Itapicurú disse que no momento não pensa em uma possível união de chapas, mas confessou que tem que considerar uma concorrência.

- Nesse primeiro momento, não penso em retirar a minha candidatura. Vim aqui no evento do Jorge porque ele é uma pessoa do bem. Tem uma candidatura legítima. Temos de ser complementos e não concorrentes - avisou Lysias Itapicurú.

As eleições acontecem em dezembro e definirão o presidente do Flamengo no triênio 2013-2015. Ao todo, até o momento, seis candidatos concorrem ao cargo: a atual presidente Patricia Amorim, que tentará a reeleição, Wallim Vasconcellos, Jorge Rodrigues, Lysias Itapicurú, Ronaldo Gomlevsky e Maurício Rodrigues de Souza Neto.



fonte link



siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário