Translate

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Fla tenta impedir saída de W. Silva na justiça e inicia 'guerra' com empresários

O Flamengo já admitiu que dificilmente conseguirá manter Wellington Silva para a temporada de 2013. O rubro-negro, porém, não quer facilitar a vida e a saída do lateral direito. Incomodado com o imbróglio envolvendo a renovação de contrato do jogador e as sondagens recebidas por outros times, o clube da Gávea acionou a justiça para impedir uma transferência do atleta e um possível registro dele na CBF.

No início desta semana, com a ajuda de um escritório de advocacia que já prestava serviços para a gestão de Patricia Amorim, membros da nova diretoria se movimentaram nos bastidores e conseguiram uma liminar para impedir a saída de Wellington Silva. Os rubro-negros alegam que entregaram uma carta exercendo a intenção de compra, garantida em contrato, e que uma negociação não poderia ocorrer sem passar pelo clube.


Foto Wallim Vasconcellos (D), novo vice de futebol do Flamengo, acompanha entrevista de Paulo Pelaipe (ao fundo) na Gávea Divulgação/Fla Imagem

A grande "bronca" dos aliados do presidente Eduardo Bandeira de Mello é com o leilão feito por Léo Rabello e Marcos Marinho, empresários do jogador. A diretoria do Flamengo não quer aceitar o fato de "perder" mais uma negociação para os agentes.

E os representantes do atleta também se movimentaram. Na última quinta, os agentes de Wellington Silva deram entrada na justiça para tentar invalidar tal liminar, fazendo com que o lateral esteja liberado para negociar.

O Resende detém a maior parte dos direitos econômicos do lateral. E com o aval do presidente Ricardo Simão, os agentes do jogador conversavam com Fluminense e Grêmio sobre uma possível venda.

A aposta de Rabello e Marinho para derrubar a liminar é uma carta onde Wellington Silva diz não querer mais atuar pelo Flamengo. Uma resposta judicial, porém, ainda não havia sido dada até o final da noite de quinta. A manobra dos empresários mais uma vez irritou a diretoria rubro-negra, que agora também está inconformada com a atitude do lateral.

"O Flamengo errou duas vezes. Não soube se resguardar no contrato e ainda fez negócio com o Léo Rabello. Até parece que não sabem como ele é. Não devem lembrar da polêmica com o Thiago Neves [que foi vendido ao Fluminense no início de 2012]. O clube tem que passar a tratar apenas com pessoas de palavra", esbravejou um membro ligado à nova diretoria.

No planejamento traçado pelo diretor Paulo Pelaipe, Dorival Júnior e o vice de futebol Wallim Vasconcellos, Wellington Silva já é carta fora do baralho. Todos, porém, não pretendem facilitar uma saída do jogador, principalmente se ele for negociado com o rival Fluminense.




fonte link




siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário