Translate

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Paulo Pelaipe diz que Flamengo não entrará em leilão por Wellington Silva

Diretor executivo desconversou sobre Robinho, e ainda admitiu que o Rubro-Negro partiu atrasado no planejamento para montagem do elenco para o próximo ano


LANCEPRESS! - 19/12/2012 - 12:56 Rio de Janeiro (RJ)

Paulo Pelaipe busca reforços para o Flamengo (Foto: Paulo Sérgio)

A situação do lateral-direito Wellington Silva no Flamengo ainda não está definida, mesmo com a permanência de Dorival Júnior no comando do Rubro-Negro para a próxima temporada. Com o interesse de outros clubes pelo jogador, Paulo Pelaipe espera que o lateral continue no rubro-negro, mas garante que o Fla não fará leilão.

- O Flamengo fez uma única proposta, que está na mão dos procuradores dele, e não vamos fazer leilão pelo jogador. Apresentamos um contrato de três anos, e vamos aguardar uma resposta. A proposta que ele recebeu é a que o Flamengo pode honrar. O Flamengo comprou os 16% (dos direitos), compraremos os outros 34%, ele está no clube e espero que permaneça - garantiu Pelaipe, em entrevista à Rádio Brasil.

Pelaipe desconversou sobre o possível interesse em Robinho. Segundo a "Gazzetta Dello Sport", Galliani, vice-presidente do Milan, virá ao Rio de Janeiro para negociar o jogador.

- Esse assunto não chegou ao conselho, é um bom jogador, mas esse assunto o Flamengo ainda não está tratando. O Galliani é casado com uma brasileira. Agora, se tivermos oportunidade e a situação financeira for dentro do nosso padrão, vamos negociar. Vamos cumprir com nossos compromissos pagando os salários em dia e precisamos estudar bastante cada assunto - desconversou o futuro diretor.

A situação mais preocupante para o futuro diretor executivo é o atraso do planejamento do plantel para o próximo ano.

- Já temos negócios bem encaminhados, e outros que estão oscilando. O mercado está com muita movimentação, por isso procuramos guardar o máximo de sigilo, mas temos que admitir que o Flamengo partiu muito atrasado na questão de reforços. O ano de planejamento começa em junho, julho, já conversando com os jogadores que terminam contrato e no fim do ano muitos jogadores já tem pré-contrato assinado, o que complica o trabalho - lamentou Paulo Pelaipe.

Com a dificuldade de achar alguns nomes no futebol nacional, a Europa está sendo uma saída para alguns clubes.

- Dia primeiro de janeiro abre a janela internacional, que vai até março, e nós sabemos que a Europa está em crise e muitos brasileiros querem voltar. Mesmo assim não é fácil, pois os clubes querem um bom ressarcimento e estamos tentando montar um quebra-cabeça, mas com um pouco de dificuldade - disse Paulo Pelaipe


Questionado sobre a possibilidade de renovação com Léo Moura e Renato, o diretor disse que o clube estudará caso a caso.


- Vamos conversar com cada um deles, expor as possibilidades que o clube pode oferecer, e daí iremos tomar alguma decisão - concluiu.




fonte link





siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário