Translate

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Atrás de novo patrocínio no basquete, Flamengo aumenta o preço dos ingressos



Marquinhos é destaque da equipe de basquete rubro-negra Foto: Jorge William / Agência O Globo


Marjoriê Cristine


O basquete do Flamengo só tem trazido alegrias ao clube, pelo menos em quadra. Invicto no Novo Basquete Brasil (NBB), com 17 vitórias, o time começa o returno do campeonato amanhã, contra o Vila Velha, com uma única ameaça pendente: o patrocínio. Em fevereiro, terminará o contrato com o banco BMG, e a diretoria está certificada de que não será renovado.

- Está vencendo o atual contrato, mas estamos honrando com tudo que foi acertado. Estamos buscando no mercado um novo parceiro, mas só devemos ter algo depois do carnaval - afirmou o diretor executivo de esportes olímpicos, Marcelo Vido.

Enquanto o clube ainda procura um novo patrocinador, uma maneira encontrada para aumentar a receita do basquete foi reajustar o valor dos ingressos das partidas em casa. No jogo de amanhã, que acontece às 21h30m, no Tijuca Tênis Clube, as entradas vão passar de R$ 20 para R$ 30 e a meia-entrada, que se estende a torcedores que forem usando a camisa do Flamengo, vai mudar de R$ 10 para R$ 15.

A mudança começou a ser planejada no decorrer do NBB, no embalo das boas atuações do time na competição, que atraiu mais público para as partidas.

- Foi acontecendo. O fato de a equipe estar em um bom momento e de precisarmos do orçamento nos fez aumentar o preço. Queremos investir no basquete e que o público continue enchendo o ginásio - afirmou o dirigente, confiante na resposta da torcida rubro-negra.

Tanto o dinheiro dos ingressos como um patrocinador são importantes para manter o time e os salários do basquete em dia, algo que por enquanto não está sendo problema.

- Nenhum salário está atrasado. Não temos nenhum tipo de pendência com os atletas - disse Vido.


Fonte  link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário