Translate

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Wallim Vasconcellos pede paciência com reforços e diz que clube não fará loucuras

Mello e do diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, ele conversou com jogadores e, em seguida, atendeu a imprensa. Wallim falou sobre o andamento das negociações por reforços e ressaltou que, por conta dos salários atrasados, herança da administração anterior, o clube tem que ter cautela para fechar uma contratação e não acumular mais dívidas.


"A gente continua as negociações com vários atletas, não tem nada fechado, muita gente de férias. Tínhamos a expectativa de fechar uma ou duas negociações entre o Natal e o Ano Novo, mas não conseguimos. Esperamos que a partir do dia 7 as coisas passem a andar. Existiam algumas negociações acertadas, mas começaram a fazer leilões. Não podemos fazer loucuras, estamos com salários atrasados, (direitos de) imagens, e temos que reforçar. Vamos trazer atletas de qualidade, mas temos de ter paciência para não fazermos mau negócio. Vamos esperar um pouco para o Carioca. Com uma ou duas peças conseguiremos um bom desempenho. Nossa meta é a Copa do Brasil e o Brasileiro para que possamos disputar a Libertadores em 2014", afirmou.


Um exemplo do que Wallim Vasconcelos quis dizer com "não fazer loucuras" pode ser aplicado a dupla Nenê, do Paris Saint-Germain (FRA), e Eduardo Vargas, do Napoli (ITA). De acordo com dirigente, os valores para as contratações desses jogadores ultrapassam as possibilidades financeiras que o clube vive atualmente.


"Nenhum dos dois. Nem Nenê, nem Vargas. Os valores estão fora de cogitação, começaram a fazer leilão e não vamos entrar em leilão", explicou Wallim, que permanece no CT trabalhando durante a tarde.





fonte link




siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário