Translate

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Conselho Deliberativo reprova contas de 2011, da gestão de Patricia Amorim




Comissão de inquérito será aberta para apurar os dados, que também passarão por auditoria externa. Programa sócio-torcedor é aprovado


Por GLOBOESPORTE.COMRio de Janeiro



Em reunião realizada na noite desta terça-feira, na Gávea, o Conselho Deliberativo do Flamengo reprovou por ampla maioria de votos as contas do exercício de 2011, da gestão de Patricia Amorim. Uma comissão de inquérito será aberta para apurar os dados, que também passarão por uma auditoria externa. Vale lembrar que a nova diretoria contratou uma auditoria para fazer um diagnóstico da situação financeira do clube e em breve terá os números finais.

- Será feita uma auditoria externa nas contas e será criada uma comissão de inquérito para acompanhar o trabalho. Têm de ser esclarecidas várias dúvidas. Uma rubrica de R$ 32 milhões de despesas a classificar, os adiamentamentos a terceiros de R$ 7 milhões (linkar a matéria que demos disso com o contador do clube), os gastos de mais de R$ 400 mil no ano em cartões corporativos, e o fato de o clube não ter dinheiro para pagar salários e constar R$ 1.73 milhão em caixa - explicou Delair Dumbrosck, presidente do Conselho Deliberativo

Na mesma reunião, foi votado e aprovado o novo programa sócio-torcedor do clube. A aprovação, no entanto, não foi unânime. Poucas informações foram passadas aos participantes da reunião do conselho, mas a previsão é que ele comece a ser colocado em prática a partir do próximo domingo. O programa terá sete níveis e o preço inicial de adesão é de R$ 39,90.

Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário