Translate

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Zico elogia Rafinha, cria do CFZ, e faz desabafo ao relembrar acusações




Ídolo do Flamengo evita usar sucesso do jovem atacante como "cala boca", mas comenta saída conturbada do clube quando era diretor em 2010


Por SporTV.comSão Paulo, SP





Enquanto um possível novo ídolo desponta entre os torcedores do Flamengo, o maior deles respira aliviado, com o sentimento de dever cumprido e alegria por ver uma jovem promessa se destacar em campo. Rafinha, principal revelação do time carioca neste início de temporada, é cria do CFZ, clube criado por Zico. Mas a ida do jovem jogador para a Gávea ao lado de outros atletas rendeu uma grande dor de cabeça para o Galinho, acusado de se beneficiar da parceria com o Flamengo firmada em 2010. No "Bem, Amigos!"desta segunda-feira, dia 25, Zico fez um desabafo e relembrou o triste episódio vivido no clube que o tem como ídolo maior.

Ao responder a pergunta de um internauta, que o questionava se o destaque obtido por Rafinha seria um "cala boca" àqueles que o destrataram quando esteve no Flamengo no cargo de diretor-executivo de futebol, em 2010, o Galinho se disse feliz apenas pelo jogador.

- Não vou pelo lado de "cala boca", vou pelo lado do quão bom é ver um talento aproveitar uma oportunidade, ainda que tardia, de deslanchar. Isso é uma felicidade grande. Existem times que passam anos e anos e não revelam ninguém. É uma satisfação grande.

No Bem, Amigos! desta segunda-feira, Zico falou sobre problema de 2010 (Foto: Thiago Braga / SporTV.com)

Em seguida, Zico aproveitou para entrar de vez no assunto que lhe causou grande desgaste na gestão da ex-presidente Patrícia Amorim, quando foi alvo de acusações vindas do Conselho Fiscal do clube, e que ainda acusaram dois de seus filhos de atuarem como laranjas de empresário.

- Fui acusado de me aproveitar do Flamengo. Fizeram muito alarde, muita gente que nunca fez nada pelo Flamengo, nunca jogaram, e a imprensa não foi apurar. Apenas deixaram o cara falar. Aí eu processo o cara e ele fala que a imprensa deturpou. Minha bronca não foi com o pessoal do Flamengo, mas acusaram meus filhos de fazer negócio.

Zico ainda relembra que chegou a indicar Rafinha ao um grande clube italiano, e acredita que, caso Patrícia Amorim tivesse se reeleita presidente do Flamengo, o jogador não estaria mais na Gávea a esta altura.

- O Rafinha está há três anos sendo campeão e não tinha oportunidade. A minha alegria é para ele, simples e humilde. Se continuar dando certo não vai se deslumbrar. Lembro que indiquei o Rafinha para o Leonardo levar para o Milan, foi o único. Vi esse garoto fazer coisas com 15 anos que eu nunca tinha visto. Tenho certeza que, se não muda a diretoria, ele ia sair do Flamengo. Tinham pessoas lá que não queriam o bem do Flamengo. O garoto tinha que ouvir que só estava lá porque era meu afilhado. Nunca falei com o Dorival sobre ele - encerrou o assunto.

Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário