Translate

terça-feira, 17 de julho de 2012

Dinheiro deve levar Riquelme a jogar na Ásia, diz jornalista argentino


Gustavo Grabia, do 'Olé, revela que camisa 10 gostaria de jogar no Brasil, mas a diferença entre os valores oferecidos é muito grande




Na lista de reforços do Flamengo e doCruzeiro, o meia Riquelme não deverá assinar com o futebol brasileiro, na opinião do jornalista argentino Gustavo Grabia, do diário "Olé". O repórter afirmou que propostas de clubes do Oriente Médio e da China são muito maiores, apesar de o jogador preferir continuar na América do Sul.

- Riquelme queria jogar no Brasil. Ele prefere o Brasil, pela proximidade com a Argentina. Mas tem ofertas milionárias da China e do Qatar. É muito dinheiro. São US$ 4 milhões (cerca de R$ 8 milhões) por apenas um ano de contrato - disse Grabia, no "Redação SporTV" desta terça.



O meia argentino anunciou que está de saída do Boca Juniors, depois da derrota para oCorinthians, na final da Taça Libertadores. Para Gustavo Grabia, as dificuldades que o jogador encontraria no Brasil seriam parecidas com as da Argentina e Riquelme poderia ajudar, mas se não tiver que disputar partidas demais.

- Riquelme está mal fisicamente agora. Na Argentina, temos os mesmos problemas do Brasil, temos jogos a cada três dias. Ele não vai render se ele tiver que fazer tantas partidas. Pode fazer um grande Brasileirão se não tiver que jogar a Copa Sul-Americana ao mesmo tempo.

Apesar da má atuação na final da Libertadores, Grabia acredita que Riquelme, mesmo aos 34 anos, continua a grande estrela do Boca.

- Riquelme jogou mal a final, contra o Corinthians, mas todo o Boca foi muito mal. Mas fez grandes partidas na semifinal da Libertadores e, no Campeonato Argentino, foi a figura indiscutível do Boca Juniors. Logo depois da final, o Riquelme anunciou que não jogava mais no Boca. E houve uma mobilização muito rara na Argentina. Fizeram até passeata para que Riquelme ficasse.



fonte sportv.globo.com
Postar um comentário