Translate

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Érika Miranda não avança

Ippon tira o sonho da judoca de chegar à final
Ao fechar contrato de um ano com o Flamengo faltando menos de um mês para os Jogos Olímpicos, a judoca Érika Miranda se tornou uma das esperanças de medalha para a delegação rubro-negra em Londres. Porém, a representante da categoria até 52kg (meio-leve) não fez uma boa estreia e acabou eliminada precocemente.


Após um duelo duro contra a sul-coreana Kyung-Ok Kim, no tempo normal, Érika acabou sendo derrotada pela adversária por ippon, no golden score. Visivelmente abalada, a judoca saiu da área de competição chorando e lamentando o ocorrido. - "Não tenho palavras para descrever o que estou sentindo neste momento".


Em tempo:
O revezamento 4x100m livre, que contou com o rubro-negro Nicholas Santos como um dos integrantes, também deu adeus ao sonho de conquistar uma medalha em Londres. Sem Cesar Cielo, o quarteto brasileiro terminou em nono lugar, com o tempo de 3m16s14.

Após sucessivas falhas, a seleção brasileira feminina de ginástica artística também está fora da briga pelo pódio. Composta pela rubro-negra Daniele Hypolito e outras quatro ginastas, a equipe brasileira foi eliminada dos Jogos de Londres. Nenhuma das atletas conseguiu classificação para a final individual geral ou por aparelho.
fonte globo.com
Postar um comentário