Translate

sábado, 21 de julho de 2012

Luiz Antônio minimiza pressão da torcida do Fla e apoia Joel: "É o nosso treinador"



Apesar de estar a três pontos do G-4, o momento vivido pelo Flamengo não é bom. Longe disso. Com duas derrotas nos últimos três jogos e na décima colocação do Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro atravessa mais um momento instabilidade. Insatisfeitos, os trcedores nomearam o técnico Joel Santana como o principal culpado. Assim, o comandante corre risco no cargo. Entretanto, o treinador ganhou um aliado nessa ‘briga’: Luiz Antônio defende o 'papai' e minimiza a pressão dos torcedores sobre a equipe com os resultados ruins.



“Procuramos não pensar muito na situação do Joel. Enquanto ele estiver aqui ele é o nosso treinador. Farei tudo o que ele pedir dentro de campo. Não tenho que pensar se ele vai sair ou não. Isso está a cargo da diretoria. Nós jogadores só pensamos em ganhar o jogo, que e o mais importante”, disse.

Após a derrota para o Corinthians, por 3 a 0, em pleno Engenhão, os torcedores do Flamengo protestaram nas arquibancadas e se colocaram de costas para o jogo durante a derrota. Ao apito final muitas vaias foram escutadas. O jovem volante minimiza essa pressão e considera normal os protestos por conta do momento vivido pelo Rubro-negro.

“O protesto da torcida é normal. Se ganhar eles vão aplaudir e se perder vão vaiar e fazer o que fizeram. Flamengo é assim. Temos conversado, mas procuramos não nos preocupar com eles. Temos que fazer o nosso jogo dentro de campo. Queremos ganhar. Se a torcida vai gostar ou não.. A gente procura ganhar para manter o Flamengo lá em cima”, afirmou.

O Flamengo volta a campo neste domingo, às 16h, quando medirá forças com o Cruzeiro, no estádio Independência. Com 15 pontos, o Rubro-negro ocupa a décima colocação no Campeonato Brasileiro

fonte uol.com
Postar um comentário