Translate

sábado, 21 de julho de 2012

Presença de Zico e 'Riquelme' marcam inauguração da quadra de Maestro Júnior

Sem motivos para comemorar no presente, Flamengo homenageia e dedica a quadra de futebol de areia ao ex-jogado




Se em campo há poucos motivos para o Flamengo comemorar, o clube vem homenageando os ídolos do passado, tempo de glórias distantes do cenário atual. Em um evento marcado pelo comparecimento de Zico à Gávea depois de quase dois anos e"Riquelme" do Copa Leme, o clube celebrou a inauguração oficial da quadra de futebol de areia dedicado ao ex-jogador Júnior, atleta que mais vestiu a camisa do Flamengo na História.
- Sinto-me honrado por ter um espaço dedicado em minha homenagem dentro da Gávea. Foi na areia que tudo começou para mim. Fico mais agradecido ainda por isso. Passei mais tempo aqui dentro do que na minha casa. Tenho aqui a minha casa. A instituição vai permanecer independente de quem esteja aqui. Que esse espaço possa dar mais conquistar ao Flamengo neste modalidade - disse Júnior, que realizou 865 jogos com a camisa do clube.

Muitos artistas e ex-jogadores do Rubro-Negro compareceram para prestigiar Júnior, mas o dia teve alguns momentos de constrangimento para a presidente Patricia Amorim. Como o primeiro jogo festivo. Um dos time, o Copa Leme exibia uma camisa com as cores e semelhante ao do Boca Juniors. Curiosamente na quinta-feira o Flamengo recebeu a negativa de Riquelme, ídolo do clube argentino.
Ronaldo, 50 anos, camisa 10 do Copa Leme roubou a cena e provocou algumas brincadeiras durante a festividade.
- Joguei com o Júnior também. Mas não sou o Riquelme. Sou o camisa 10 do Copa Leme - disse Ronaldo, em tom de brincadeira.
Outro momento inusitado foi a presença do ex-vice presidente de futebol Marcos Braz ao evento. O ex-dirigente será concorrente de Patricia Amorim nas eleições presidenciais do Flamengo em dezembro deste ano. O lançamento de sua campanha ocorrerá em meados de agosto. Ele fez questão de conversar com Patricia Amorim durante a solenidade.
Zico, sucessor de Marcos Braz no comando de futebol do Flamengo e maior ídolo da História do Flamengo, foi à festa. O Galinho não comparecia à Gávea desde a sua conturbada saída da direção do clube, em outubro de 2010. Desafeto do ídolo, o presidente do conselho fiscal, Leonardo Ribeiro, principal entusiasta do futebol de areia no clube, foi ausência no evento por motivos médicos.
- Só ele mesmo para eu voltar na Gávea. Por ele tudo. São muitos anos de amizade. Tinha que ser no nome dele. Falei com ele que com essa data eu estaria no Brasil e poderia comparecer. Eu fui convidado. Participei do início do futebol de areia no Brasil. E agora é uma realidade. É uma homenagem justa. Quando se fala em futebol de areia, o primeiro nome é o Júnior. Eu também modéstia à parte fiz uns gols - disse Zico.Sem motivos para comemorar, o Flamengo vai a Belo Horizonte encarar o Cruzeiro, neste domingo, às 16, no estádio Independência.


Fonte:Lancenet
Postar um comentário