Translate

sábado, 21 de julho de 2012

roger agora é desespero !!!!






O Boca Juniors endureceu e não será em 2012 que Riquelme vai disputar o Campeonato Brasileiro.

Depois de esquentar, esfriar, esquentar e esfriar umas duzentas vezes, o Cruzeiro foi o último a desistir da contratação do meia argentino. Pesou o fato de o Boca Juniores não rescindir com o jogador e apenas emprestá-lo.

A negociação com Grêmio não andou e, com o Corinthians nem começou.

Com isso, o meia argentino deve permanecer em terras portenhas, já que pela Europa ele já passou e não quis ficar. Resta os “petrodólares” do Oriente e do Leste Europeu.

Mas ninguém se irritou tanto com essa novela (que mais parecia mexicana) chamada Riquelme do que o Flamengo. Até o ameaçado Joel Santana palpitou. Disse que a torcida não o aceitaria. Mas só disse isso depois de o próprio jogador se recusar a negociar com o Flamengo.

Aliás, as coisas no rubro-negro carioca extrapolaram qualquer limite possível de paciência. Até mesmo o atacante Adriano, que se recuperava de uma cirurgia no ninho do Urubu abandou o barco. Para mais um lamento de Joel.

Prova de que o clima no rubro-negro está realmente pesado. Adriano vai se recuperar e tentar voltar ao futebol por conta própria, em uma academia particular.

Enquanto isso, na embarcação rubro-negra, a irritação da torcida atingiu seu ápice no final desta sexta-feira, após o fechamento da janela internacional de transferência. A diretoria do clube não conseguiu acertar com nenhum reforço do exterior e a procura pelo camisa 10 agora se resume a um único nome: Roger, que recentemente rescindiu com o Cruzeiro.

Até mesmo a presidente do time, Patrícia Amorim, parece ter sentido o baque. Tanto que inventou uma saída a francesa. Ou melhor a inglesa.

Mesmo com o olho do furacão instalado em pleno centro de treinamento do Flamengo, ela se licenciou do cargo e vai para a Inglaterra. Segunda ela, para acompanhar os atletas do clube que disputarão a Olimpíada de Londres.

Atitude, mesmo que programa com muita antecedência, tomada em uma hora que não poderia ser pior. No final de semana, o time vem a Belo Horizonte para enfrentar o Cruzeiro, que tenta voltar à parte de cima da tabela. Mais uma derrota e a casa vai cair. E se acontecer, além de Joel, corre o sério risco de os escombros soterrarem também o diretor de futebol, Zinho, e até Patrícia, que viajou como presidente, mas pode desembarcar como ex.

fonte correio de uberlandia titulo alterado por esse humilde blogueiro
Postar um comentário