Translate

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Zinho muda atitude por falta de sigilo em negociações e 'vai ao ataque' no Fla








O "não" de Diego ao Flamengo após a expectativa gerada pela diretoria do clube ligou o sinal de alerta em Zinho. O diretor executivo de futebol rubro-negro mudou o seu comportamento ao tratar de assuntos internos e indicou que o vazamento do nome do meia complicou as negociações. O cartola resolveu partir para o ataque ao comentar a falta de sigilo nas negociações lideradas por ele nos últimos dias.



Tanto nas declarações sobre a fracassada negociação com o zagueiro Juan como na controversa história da busca por Riquelme, o diretor adotou um tom de voz só visto antes na guerra declarada com Ronaldinho Gaúcho. O cartola falou em respeito ao clube e não poupou palavras para criticar as partes envolvidas.

"Estou muito decepcionado com Juan. Não esperava isso. Ele não me falou que negociava com outro time brasileiro", disse Zinho sobre o imbróglio com o zagueiro. "Não vou falar nada sobre Riquelme. Vocês nunca escutaram nada de negociação com esse jogador da minhaboca. Falam coisas, acabam vazando situações e isso sempre complica", reforçou o cartola - sem esconder mais uma vez sua irritação - ao comentar sobre os rumores que apontam uma negociação entre Flamengo e o meia argentino.

Até mesmo o trato com a imprensa foi alterado por Zinho. Raramente atendendo às ligações, o dirigente tem preferido se pronunciar apenas em coletivas e aparições públicas, como no hotel da seleção brasileira na última segunda-feira - a equipe se preparava para embarcar para a Europa em preparação para as Olimpíadas de Londres.

Fora isso, Zinho evita o contato e tenta manter um sigilo que por vezes acaba ignorado no Flamengo. Em entrevista na última terça, ele se disse pessimista quando questionado sobre novas contratações e foi evasivo ao falar sobre o futuro.



"Não quero comentar. Não tenho que falar muita coisa. Pode ser que não venha ninguém até o fechamento da janela, como pode ser que chegue alguém amanhã [quarta-feira]", disse um novo e misterioso diretor executivo de futebol do Flamengo.

Enquanto evita maiores aparições e comentários, Zinho segue sua busca por um camisa 10 de peso até sexta-feira, data do fechamento da janela de transferências internacionais. Entretanto, o dirigente já começa a aceitar a ideia de ficar sem reforços e lutar pelo título do Campeonato Brasileiro com o grupo atual.

fonte uol.com


Postar um comentário