Translate

sábado, 14 de julho de 2012

CBF não deixa Fla cobrar entrada de torcedores, e treino da seleção recebe sócios do clube

A seleção brasileira treinou no Estádio da Gávea nesta sexta-feira



O Flamengo planejava cobrar R$ 10 pelo acesso de torcedores aos treinos da seleção brasileira na Gávea na tarde desta sexta-feira e na manhã de sábado. Entretanto, a CBF não permitiu. Nas arquibancadas ficaram apenas sócios do clube carioca.

A expectativa do vice-presidente administrativo do Fla Cacau Cotta era receber cerca de mil pessoas por dia na Gávea para acompanhar de perto Neymar e Cia. Só que, segundo a assessoria rubro-negra, a seleção pediu privacidade para treinar.

Já a CBF explicou que não haveria motivo para exigir o pagamento de torcedores para assistir ao treino. Pouca gente viu a atividade com bola, na qual Mano Menezes aprimorou principalmente a finalização da equipe olímpica que busca a inédita medalha de ouro.

O Itaú, parceiro comercial da entidade que comanda o futebol nacional, montou um camarote para receber convidados ao lado do campo. Separado dos jogadores por um alambrado, os convidados eram servidos por garçons, com direito a cerveja.

Representantes do Itaú até tentaram a liberação para entrarem em campo e tirarem fotos com os jogadores. Porém, a CBF não permitiu. Alguns atletas, entre eles Neymar, se aproximaram do camarote ao final do treino para atender os fãs.

Quando o Brasil treinava em Teresópolis, era comum os patrocinadores da CBF levantarem tendas para receber convidados nas proximidades do campo.




fonte:uol.com
Postar um comentário