Translate

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Nos pênaltis, Flamengo bate Santos e pega Vitória na semi da Taça BH.

Após empate por 2 a 2 no tempo normal, César garante a classificação do Rubro-negro ao defender duas cobranças




Flamengo e Santos repetiram o jogo equilibrado que fizeram na primeira fase da Taça BH de juniores, quando empataram por 1 a 1. Desta vez, pelas quartas de final, o placar do tempo normal foi 2 a 2. O Peixe abriu dois gols de vantagem, com Givanildo e Pedro Castro, mas os rubro-negros correram atrás e igualaram o marcador com Rodolfo e Igor. Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro César, que pegou duas cobranças e garantiu o 4 a 2 para o Rubro-negro, que agora enfrenta o Vitória, sexta-feira, na semifinal.
O primeiro tempo começou morno, quase sem lances de perigo. Nos primeiros 20 minutos, os goleiros praticamente não trabalharam na partida. Apenas César defendeu um chute de Pedro Castro. Somente a partir dos 22 a partida melhorou, quando Rodrigo Longo bateu de fora da área para defesa de Gabriel. O Santos respondeu aos 29, após a zaga do Flamengo cortar mal e Pedro Castro bater colocado, da entrada da área, mas César espalmou para escanteio. O Peixe chegou com perigo novamente aos 32, quando Pedro Castro cruzou na medida para Givanildo, livre, errar a cabeçada. Mas no último lance do primeiro tempo o atacante não perdoou. Após receber na entrada da área, Givanildo girou e finalizou para dar a vantagem ao Santos antes do intervalo.
O Flamengo voltou tomando a iniciativa no segundo tempo e, aos três, Rodolfo recebeu bom passe na área, mas bateu por cima. Só que a resposta veio rápida. Um minuto depois, Pedro Castro soltou uma bomba de fora da área, César ainda tocou na bola, mas não conseguiu impedir o golaço. Rafinha quase diminuiu aos seis, em cobrança de falta que Gabriel tocou para escanteio. Mas aos oito não teve jeito. Rodolfo aproveitou sobra e marcou para o Rubro-negro.
Depois do início intenso de segundo tempo, o ritmo dos dois times diminuiu, mas o panorama continuava com o Flamengo buscando o empate, enquanto o Santos tentava administrar. Aos 24, Lorran fez jogada individual e bateu de canhota com perigo. O empate veio aos 33, quando Igor recebeu cruzamento, dominou e bateu de canhota. Os rubro-negros seguiram melhor no jogo, mas não conseguiram a virada, levando o jogo para os pênaltis.
Na disputa de pênaltis, melhor para o Flamengo. César defendeu as cobranças de Lucas Crispim e Lucas Otávio e classificou os rubro-negros para a semifinal da competição.


Fonte: Globo Esporte

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário