Translate

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Dorival: ‘Quem joga no Flamengo não pode se dar o luxo de se encolher’


Treinador disse que os jogadores têm que erguer a cabeça e trabalhar para que a equipe consigar voltar a ter bons resultados


Equipe do Site Oficial


A ‘pressão’ é uma das matérias-primas da camisa do Flamengo. Por isso, raça, amor e paixão são características fundamentais para aqueles que se propõem a vestir o uniforme que, não por acaso, foi glorificado pela torcida com a alcunha de ‘Manto Sagrado’.

O treinador Dorival Júnior, ao falar com a imprensa após a derrora para a Ponte Preta, comentou sobre a pressão que normalmente é feita em cima daqueles que atuam pelo Flamengo e deixou claro que tem plena noção da sua responsabilidade e de seus comandados.

"Quem joga no Flamengo tem que estar preparado para toda e qualquer situação e não pode se dar ao luxo de se encolher em um momento como este. Temos que botar a cara, enfrentarmos a situação e trabalhar com intensidade, assim como aconteceu em rodadas anteriores para que a equipe tivesse uma boa reação", determinou Dorival.

O lateral direito Léo Moura, recentemente, também falou sobre a pressão de vestir a camisa do Flamengo e disse que os jovens tendem a sentir mais as cobranças.

"Não é só porque eles são jovens quem não vão ser cobrados. Se eles estão nos profissionais é porque têm capacidade. A cada jogo eles vão amadurecendo e não é porque são meninos que não vamos cobrar. É claro que não vamos jogar toda a responsabilidade em cima deles. A responsabilidade é do grupo inteiro, dos jovens e dos experientes, mas eles tem que saber que estão jogando em uma equipe como o Flamengo, defendendo milhões de torcedores. Temos a cada dia que ajudá-los a saber que no momento em que entram em campo eles têm que esquecer que já foram juniores, que são meninos, mas que ali dentro (campo) são profissionais", disse Léo.

O treinador Dorival Júnior reconhece que o momento da equipe não é bom, mas acredita que o empenho do grupo vai reverter o cenário desfavorável.

"O que aconteceu é que o gol não saiu (contra a Ponte Preta). Criamos oportunidades, não fizemos o gol e havíamos tomado um. Nossa condição, hoje, não é favorável e ficou um pouco pior agora. O grupo tem que erguer a cabeça, trabalhar e acima de tudo ter uma entrega maior para que recuperemos melhores condições".

O próximo compromisso do Flamengo é fora de casa, diante do Coritiba, no Estádio Couto Pereira, neste sábado (08.09), às 18h30. O Mais Querido tem 27 pontos no Brasileiro e está na 13ª posição na tabela.

fonte link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário